domingo 20 junho 2021
Arquibancada

Série A2 é inaceitável

Marcelo Fernandes é o técnico interino do Santos // Foto: Santos Futebol Clube

Terceiro colocado no Grupo D do Campeonato Paulista com 10 pontos conquistados em 11 rodadas, o Santos chega para a última rodada da competição, disputada neste domingo (9), eliminado e correndo risco de ser rebaixado para a Série A2. Apesar de parecer piada, a informação é verdadeira e não pode passar pela cabeça dos atletas santistas a possibilidade de jogar a segunda divisão estadual. Cair é inaceitável!

O Peixe, 14º na classificação geral do Paulistão, encara o 15º colocado São Bento, na Vila Belmiro, e é necessário ao menos um empate para garantir matematicamente a permanência do Alvinegro na primeira divisão. Para a partida, concentração e o mínimo de tranquilidade em meio ao caos serão fundamentais para os jogadores evitarem o vexame de um possível revés.

Derrotado pelo Palmeiras na noite da última quinta-feira (6), o Santos não jogou mal, marcou dois gols, mostrou que tem força para reagir e isso é um sinal positivo para o confronto com o Bentão. Entretanto, o time da baixada precisa entender que vai encarar um adversário acostumado a brigar contra o rebaixamento que, mesmo precisando da vitória, deve entrar em campo fechado.

Recheado de problemas que vem desde as gestões anteriores, o Peixe se vê em meio ao caos após a saída de Ariel Holan, acertou a chegada de Fernando Diniz, porém antes mesmo da estreia do novo comandante pode sofrer o maior vexame da história do clube.

A despedida do técnico argentino, inclusive, passa diretamente pelo momento ruim da equipe. Apesar da absurda ida de torcedores até a porta da sua casa, Holan realizou trabalho ruim, não sabendo lidar com o calendário apertado e a absurda sequência de partidas pelo Estadual. Em um elenco curto, com muitos jovens, poupar é perigoso e o Alvinegro paga caro por isso na reta final do Paulistão.

Marcelo Fernandes assumiu como interino e conseguiu melhorar o rendimento da equipe. Atualmente, o Peixe incomoda os adversários, cria oportunidades, finaliza com perigo, mas em alguns momentos de pressão isso não é suficiente.

A possibilidade de rebaixamento para a Série A2 do Campeonato Paulista é real e isso não pode acontecer com um gigante como o Santos. O time da Vila Belmiro é melhor que o São Bento e o confronto de hoje precisa ser encarado com muita seriedade para evitar o pior. Com foco, confiança e o mínimo de tranquilidade possível, o Alvinegro tem tudo para se livrar da segunda divisão estadual. O Peixe precisa de apoio.


Eduardo Martins

(jalesense, jornalista com formação da PUC-Campinas) 

Desenvolvido por Enzo Nagata