sexta 18 junho 2021
Fique Sabendo

LUTO – Passados sete dias, o mundo político brasileiro como um todo e o paulista em particular ainda veste luto ...

Empresário Du Venturini em dois momentos com Bruno Covas—1) reunião na ACIJ, em 2006; 2) encontro na Secretaria do Meio Ambiente, em 2010

LUTO – Passados sete dias, o mundo político brasileiro como um todo e o paulista em particular ainda veste luto por conta do falecimento do prefeito paulistano Bruno Covas, com apenas 41 anos. Segundo nota oficial, o prefeito faleceu às 8 horas e 20 minutos de domingo passado, dia 16 de maio, em decorrência de um câncer da transição esofagogástrica, com metástase e suas complicações, após um longo tratamento iniciado em 2019.

BANDEIRA BRANCA- As manifestações de pesar à família vieram de companheiros políticos como o atual governador João Doria e o ex-governador Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, passando por adversários como Fernando Haddad (PT) , Guilherme Boulos (PSOL) e até mesmo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), além, é claro, dos moradores da cidade de São Paulo, que acompanharam o cortejo fúnebre da sede da Prefeitura até o início da rodovia dos Imigrantes, rumo a Santos, terra natal, onde o alcaide foi sepultado no jazigo da família.

CONTATOS IMEDIATOS – Em Jales, um dos que mais lamentaram a morte prematura de Bruno Covas foi o jovem empresário Carlos Eduardo Venturini. Empolgado com o discurso de Bruno que, lá atrás, defendia renovação no PSDB, Du embarcou na canoa dele em duas eleições. Uma, em 2006, para deputado estadual, quando o esquema montado em nossa cidade rendeu mais de 600 votos para o candidato, cuja votação atingiu, no total, 122 mil votos. Na eleição seguinte, em 2010, o jovem parlamentar passou de 230 mil votos no Estado, dos quais 200 em Jales. Em ambas as ocasiões, houve empenho pessoal de Du Venturini.

TIROTEIO - O deputado federal Fausto Pinato (PP), segundo mais votado em Jales em 2018 e que tem sólidas ligações desde sempre com o prefeito Luís Henrique Moreira (ex-PP, atualmente no PSDB), tornou-se uma espécie de golden boy da grande imprensa. Tudo o que ele diz vira notícia. Por exemplo, a coluna Painel, a mais lida da Folha de S. Paulo, abriu espaço para registrar na edição do último dia 18 de maio uma declaração irônica do parlamentar endereçada ao presidente Bolsonaro: “Nesta Olimpíada poderemos mandar o presidente para concorrer. Categoria tiro no pé. Ganharia medalha de ouro”.

TOMA LÁ...- O experiente vereador Rivelino Rodrigues (PP) levantou a bola na sessão ordinária da Câmara Municipal do dia 26 de abril e o estreante Hilton Marques (PT) subiu e cortou. Traduzindo: RR apresentou requerimento questionando a Prefeitura sobre quantos e quais são os terrenos localizados no Distrito Industrial II “Valentim Paulo Viola” que estão sem edificações, lembrando que, por ocasião da venda, o poder público o fez com encargos. O petista entrou no vácuo, apoiou RR e solicitou maiores informações sobre o assunto.

... DÁ CÁ- Provocada, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo respondeu ao questionamento, escorada em parecer do procurador André Domingos Pereira, da Procuradoria Jurídica da municipalidade. Em resumo, embora os terrenos tenham sido vendidos, a Lei Municipal 3.l62/2006 permite a retomada pelo poder público em caso de não cumprimento dos encargos, principalmente efetivo funcionamento e geração de empregos. Em caso de retomada dos imóveis, a legislação citada estabelece que, havendo benfeitorias, estas serão indenizados pelo valor que viver a ser apurado pela Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Habitação.

INVE$TIMENTO... – Como um assunto puxa outro, a coluna registra que Márcio Arjol (PSDB), prefeito de Urânia, usou as redes sociais para anunciar investimento de R$ 2 milhões que um empresário de Jales vai fazer no recém-instalado Distrito Industrial de sua cidade. Trata-se de Ricardo Tanios, criador do Hospital da Boca, embrião de um grupo de empresas com a marca HB.

...E EMPREGO$ – Segundo a postagem do prefeito, Ricardo vai montar uma empresa de nutrição animal com a expectativa de gerar, já de início, 40 empregos diretos. Márcio Arjol postou foto e festejou: “isso mostra o potencial de Urânia em atrair investimentos e a importância de preparar o município para o futuro”.

REFORÇO – Ana Lúcia Olhier Módulo que governou a vizinha Vitória Brasil por oito anos, passou a integrar a equipe de assessores do novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Carlão Pignatari. Ela usou sua página no Facebook para registrar o fato.

Empresário Ricardo Tanios, entre o secretário de Agricultura Anderson Chapichi e prefeito Márcio Arjol: investimento em Urânia

Desenvolvido por Enzo Nagata