domingo 17 outubro 2021
Especial

COVID-19: Falecimento de Marcos Silvério enluta jalesenses e repercute nas edições digitais

Passados 11 dias, persiste o clima de consternação na cidade pela morte do professor Marcos Roberto Silvério. Ele faleceu no dia 31 de dezembro, por volta de 17 horas e 30 minutos, na Santa Casa de Jales, por complicações decorrentes da Covid-19.

O fato do óbito ter ocorrido poucas horas antes da tradicional ceia de Ano Novo provocou impacto ainda maior entre as pessoas que o conheciam e queriam bem.

Membro de uma família muito estimada na cidade e ele próprio dono de enorme rol de amigos e admiradores por sua atividade profissional, Marcos tinha 44 anos, era casado com Andresa Limoni Silvério com a qual teve a filha Isabela, de 15 anos, e o filho Gustavo, de 10.

Nascido e criado em Jales, Marcos graduou-se em Administração, tornou-se especialista em Marketing, Comunicação e Propaganda (Inbrape), era mestre em Engenharia da Produção (Unimep), foi professor universitário atuando em várias instituições.

Palestrante e coaching, Marcos, em março do ano passado, tornou-se coautor do livro “Phases-Da autodescoberta à alta performance” lançado em São Paulo, com organização de Thereza Ferreira.

SOLIDARIEDADE 

Postadas na edição digital do Jornal de Jales no início da noite de 31 de dezembro e no dia 3 de janeiro, as notícias sobre o falecimento de Marcos geraram, somadas, 5.612 visualizações, 18 compartilhamentos, 238 curtidas e 31 comentários, todos lamentando o precoce desaparecimento e expressando solidariedade à família.


Desenvolvido por Enzo Nagata