Fique Sabendo

AFOBADO COME CRU-O deputado federal Fausto Pinato (PP-SP) votará contra o Requerimento de Urgência 584/2021 para do Projeto de Lei 6764/2002.

Deputado federal Fausto Pinato, com base eleitoral na região, exige mais debate para mudar Lei de Segurança Nacional

AFOBADO COME CRU-O deputado federal Fausto Pinato (PP-SP) votará contra o Requerimento de Urgência 584/2021 para do Projeto de Lei 6764/2002. Em nota distribuída por sua Assessoria de Comunicação, o parlamentar declarou: “está claro que a Lei de Segurança Nacional (LSN) precisa ser revista de acordo com os parâmetros democráticos atuais. No entanto, uma lei dessa importância, que tem como objetivo defender a soberania e território nacional — além do próprio Estado Democrático de Direito e suas instituições —, não pode ser alterada ou revogada de afogadilho, sem uma discussão ampla e profunda com a sociedade, além de ouvir setores técnicos, como as próprias Forças Armadas, pois estão em jogo questões relativas, como por exemplo, a guerra.”

DEBATE - O deputado da região não está sozinho na briga. O “Estadão” divulgou manifesto neste mesmo sentido chancelado por entidades do peso como Associação Brasileira de Imprensa, Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, Conectas Direitos Humanos, Fundação Tide Setubal, Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, Instituto Igarapé, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, WWF Brasil, Oxfam Brasil.

IMPEDIMENTO – A diretoria do Jalesense Atlético Clube, agremiação que vem investindo na revelação de atletas das categorias de base, terá prazo até o próximo dia 5 de maio para desocupar o espaço que ocupa no Estádio Municipal Dr. Roberto Valle Rollemberg, aí incluídos o escritório e a Casa do Atleta, onde estão residindo sete rapazes.

APITO FINAL – Segundo Wilter Guerzoni, secretário municipal de Esportes, Cultura e Lazer, o prazo de cessão das dependências do estádio termina hoje, 18 de abril, mas ele resolveu estendê-lo até o início do próximo mês para dar tempo aos dirigentes do clube providenciarem novas acomodações.

GRANDE ÁREA – Ainda de acordo com Wilter, a desocupação do estádio não tem nada a ver com o requerimento aprovado recentemente pelos vereadores sugerindo ao prefeito Luís Henrique Moreira (PSDB) a venda daquele complexo esportivo à iniciativa privada para fins de loteamento. Na verdade, embora o orçamento da Secretaria seja curto, o objetivo da administração é ativar o estádio que, segundo ele, estava em estado lastimável. Na semana que passou, servidores da Prefeitura fizeram uma faxina na principal praça esportiva da cidade sob a supervisão do veterano funcionário municipal Valdecir Ramalho (Brito), vinculado há anos à pasta.

SINAL VERMELHO – Os motoristas de taxi de Jales não estão exatamente felizes com os vereadores. Tudo porque eles aprovaram por unanimidade Requerimento de Informações da vereadora Andrea Moreto (Podemos), apresentado na sessão ordinária do dia 22 de março e aprovado na última reunião camarária, dia 5 de abril.

PONTO A PONTO – No requerimento, a vereadora perguntou ao prefeito Luís Henrique Moreira (PSDB) se havia a possibilidade da Prefeitura liberar as vagas de taxistas não utilizadas no perímetro urbano para o uso dos carros por aplicativos empregados no transporte de passageiros. E foi além: caso não exista essa possibilidade, qual é o impedimento?

PRETO NO BRANCO – Os taxistas defendem com veemência a edição de uma lei municipal que regulamente a atividade dos motoristas de carros por aplicativos. Segundo eles, prefeitos de outros municípios já tomaram essa providência, o que resultou em benefícios para as duas categorias, mantendo cada qual em seu quadrado.

DIREITO AO ESQUECIMENTO – Doutora e mestre em Direito Constitucional, a advogada jalesense Melina Ferracini integra o grupo de palestrantes do I Congresso de Direito Constitucional a ser promovido pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo. Ela é professora da Pós-Graduação da referida instituição. Melina falará sobre “Direito ao Esquecimento na Internet”, com acesso à plataforma a partir da próxima sexta-feira, 23 de abril, e pelo período de seis meses seguintes.

CÉU E INFERNO – Uma das matérias mais comentadas do Caderno Especial alusivo ao 80º aniversário da cidade foi de autoria do professor, compositor, cantor, poeta, artista plástico e chargista Rui Rodrigues, retirada de seu livro “O trem de minha cidade”. As charges dos prefeitos arrancaram sorrisos de leitores e internautas. As que mais chamaram a atenção foram as do ex-prefeito Humberto Parini, que governou a cidade de 2005 a 2008 e, reeleito, de 2009 a 2012. Na primeira charge, Humberto Parini aparece com ar jovial, de bigode preto. Quatro anos mais tarde, depois de enfrentar uma verdadeira tempestade política com direito inclusive a suspensão de mandato, posteriormente recuperado, Parini foi retratado visivelmente envelhecido, de bigode branco.

As charges do ex-prefeito Humberto Parini, de autoria do artista plástico Rui Rodrigues, arrancaram sorrisos de leitores e internautas

Desenvolvido por Enzo Nagata