quarta 14 abril 2021
Política

Vereadores sugerem implantação de hemocentro em Jales

Defensores da bandeira da saúde pública na campanha eleitoral, a vereadora Enfermeira Carol Amador (MDB) e o médico Ricardo Gouveia (PP) se juntaram ao presidente da Câmara, Bismark Kuwakino (PSDB), colaborador de eventos da Santa Casa e Hospital de Amor, apresentaram um requerimento questionando se é possível a Prefeitura aproveitar recursos repassados pelo Governo Federal para implantar um hemocentro em Jales.

Os vereadores justificaram que a instalação de um hemocentro é uma reivindicação antiga dos profissionais de saúde, doadores de sangue e da população.

Gouveia comentou o requerimento: “Hoje, em Jales, são feitas muitas cirurgias de urgência no Hospital do Amor e Santa Casa e precisam de muitas bolsas de sangue, que às vezes, não têm”.

Carol falou sobre a propositura: “A pessoa ter que se deslocar de Jales para Fernandópolis para doar sangue, é nobre da parte dela. O pessoal do hemocentro relata que o sangue, que era coletado no núcleo central, apesar da coleta ser realizada da melhor forma possível, não tem a mesma qualidade quando coletado já no hemocentro”.

Bismark acrescentou: “Muitas pessoas faziam doações de sangue e, hoje, têm que se deslocar até Fernandópolis e não têm tempo. Sabemos que a Santa Casa tem reservas de sangue, mas precisamos da coleta, porque, às vezes, a necessidade é emergencial”.

Os parlamentares indagaram, caso não possua verbas, se a Prefeitura vai priorizar a busca por recursos públicos, nas diferentes instâncias de governo para a implantação do hemocentro no município.


Desenvolvido por Enzo Nagata