jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Valente, Jales Futsal joga bem, mas perde para Sorocaba

por Lucas Rossafa
01 de maio de 2017
O prefeito de Santa Fé do Sul, Ademir Maschio, fez questão de dar boas vindas a Falcão, considerado o melhor jogador de futsal do mundo

Ao contrário das expectativas, o Jales Futsal foi um adversário à altura do Magnus/Sorocaba. Na noite da última quinta-feira, 27, no Ginásio Municipal Antônio Ramon do Amaral, em Santa Fé do Sul, o Jacaré foi derrotado pelos sorocabanos,pelo placar de 2 a 0, em partida válida pela Liga Paulista de Futsal (LPF).

         O começo do confronto foi equilibrado, com os visitantes tomando a iniciativa. Melão, goleiro jalesense, foi obrigado a trabalhar duas vezes, em menos de um minuto.Os donos da casa, com forte marcação, chegaram com perigo nos contra ataques. Joe, no início, assustou e foi parado pelo goleiro Luan, da Seleção Brasileira.

         Antes da metade do primeiro tempo, o time azul e vermelho já tinha cometido as cinco faltas permitidas em regulamento. Livre dentro da área, o ala Pixote completou cruzamento e abriu o placar para o atual campeão mundial, aos 12 minutos. Com o gol, Jales, porém, não ficou abatido. Posteriormente, foram quatro chances claríssimas para empatar, sendo duas com Luciano, apelidado de Costelinha.

Falcão, restando quinze segundos, recebeu falta de Luis Paulo. No tiro livre, o craque não perdoou, ampliou o marcador e se manteve isolado na artilharia da competição estadual, com sete gols marcados.

         O segundo tempo iniciou na mesma tônica, ditado pelo equilíbrio. Ambos foram eficientes na criação, mas os jalesenses tiveram superioridade (26 finalizações, cinco a mais do que o adversário). Uma bola na trave e inúmeras defesas de Luan agitaram a torcida. No último lance da partida, Alex cobrou um tiro livre, mas parou em Luan.

 

Sem reclamações!

         Apesar da terceira derrota consecutiva, o desempenho deixou o treinador Élcio de Souza Oliveira bem satisfeito. “Tivemos muitas oportunidades e não concluímos. Bola na trave, tirada em cima da linha, além de uma noite feliz do Luan. Estamos em uma crescente no campeonato”, avaliou.

        

Reforços

         Demorou bastante, mas Luiz Felipe Pietrobom Chiaparini, presidente do Jales Futsal, finalmente conseguiu contratar mais peças para reforçar o elenco. O pivô Juan veio do Corinthians – o jogador lesionou o músculo reto femoral da coxa direita na semana passada – e sequer está à disposição. Da Intelli, chegaram três: Lê (ala direito), Misael(ala esquerdo) e Victor (fixo). Os atletas desembarcaram na segunda-feira, treinaram e já entraram em quadra.

         “O elenco está maior, isso permite que a troca dos quartetos sejaconstante. O time não está totalmente fechado, pois bons nomes são sempre bem vindos, dentro da realidade do clube”, elogiouÉlcio.

 

Na raça!

         Tido como dúvida durante a semana, Melão entrou em quadra no sacrifício, uma vez que está com o joelho esquerdo machucado –ligamento posterior rompido –, além de lesão no menisco, cujo prazo mínimo de recuperação é de três meses. Para voltar sem dores, o goleiro tem feito sessões diárias de fisioterapia com o Dr. Douglas Xavier, um dos integrantes da comissão técnica.

 

Em dia

         A questão física do Jales Futsal tem sido um dos pontos positivos até então. O responsável pela forma dos atletas é o educador físico Vitor Henrique da Silva, popularmente conhecido como Vitinho da Stúdio A.

         “Estamos muito bem fisicamente. A avaliação é totalmente positiva. Começamos a pré-temporada depois dos adversários, o que atrapalhou nos dois primeiros jogos. Mesmo assim, conseguimos jogar a maior parte do tempo com a marcação alta, pressionando. Sem um ótimo condicionamento, é impossível adotar tal estratégia durante os 40 minutos. Atualmente, todos os jogadores estão na plenitude de seu condicionamento”, avaliouo membro da comissão técnica jalesense.

         Questionado sobre a diferença física entre Jales e Sorocaba, graças à discrepância financeira, Vitor foi enfático. “Quanto melhor a estrutura, mais rápido se alcança uma performance física ideal. O nosso elenco, no entanto, está no mesmo patamar do deles”, concluiu.

 

2.500

         De acordo com o presidente Lipão, cerca de 2.500 ingressos foram comercializados, de uma carga total de 4.000. “Esperava mais, porém tenho que agradecer à torcida de Jales que foi, viajou e aos próprios torcedores santa-fé-sulenses, que compareceram e nos apoiaram”, declarou.

  

Para vencer!

         Ainda em busca da primeira vitória na Liga Paulista de Futsal, Jales volta à quadra na sexta-feira, 05, às 20h. O adversário será o Barueri, novamente em Santa Fé do Sul.

         OJacaré é o lanterna do Grupo A, na sétima colocação, com três derrotas em três jogos, enquanto a equipe da Grande São Paulo soma quatro pontos, com uma vitória, um empate e uma derrota. Os ingressos serão comercializados por R$ 10,00.