jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

UPA investe em reformas e treinamentos. Usuários elogiam melhoria no atendimento

Fim das filas e tratamento humanizado merecem elogios de pacientes que frequentam aquele espaço de atendimento de urgência
28 de julho de 2019
A UPA funciona 24 horas por dia e atende 8 mil pacientes por mês oriundos de 16 municípios
Após as obras de reforma e adequações e as capacitações e treinamentos realizados pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Jales (CONSIRJ), presidido pelo prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, o Flá, a UPA - Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas Regional de Jales vive uma nova realidade e teve o atendimento à população dos 16 municípios referenciados transformado para melhor. A unidade recebe cerca de 8 mil pessoas ao mês de cidades como Aparecida D’Oeste, Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Jales, Marinópolis, Mesópolis, Palmeira D’Oeste, Paranapuã, Pontalinda, Santa Albertina, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, Urânia e Vitória Brasil.  
As mudanças são visíveis e já recebem elogios dos usuários, como reconheceu José Célio Martini, membro do Conselho Municipal de Saúde e delegado eleito em nome da região à Conferência Estadual e Conferência Nacional de Saúde. “Tenho ido permanentemente à UPA e tenho percebido que os usuários estão gostando do atendimento, acrescentou”. 

MUDANÇAS
A diretora de planejamento e finanças do CONSIRJ, Tatiane Falco Oliveira e a enfermeira responsável técnica, Karina Santana de Freitas, falaram sobre as mudanças após as obras no espaço físico. “Pensamos em proporcionar humanização ao atendimento porque não estava funcionando de acordo com o que o paciente necessitava e merecia, para isso, transformamos nosso acolhimento criando uma nova sala de espera, separando os pacientes de acordo com a classificação de risco, dividida em quatro cores. Todas as salas possuem poltronas confortáveis, são climatizadas e possuem aparelhos de TV. A equipe foi treinada para acolher e receber com cuidado e atenção e é visível a mudança apresentada e notável a diminuição de reclamações na Ouvidoria. Os pacientes não ficam mais em corredores e o fluxo de funcionários e pacientes apresentou significativa diferença”.
Outro fator que ajudou na redução das filas foi a contratação de um terceiro médico. “A princípio o médico trabalhou em caráter de contratação emergencial, mas realizamos licitação e no dia 1º de agosto esse profissional passa a fazer parte de nosso quadro”, ressaltou Brigitão.
Equipes de limpeza e organização também receberam treinamentos e deram novos ares a seus setores. “Muitos funcionários foram contratados através de um Concurso Público e foram treinados de acordo com as necessidades da UPA, contribuindo para a melhora na prestação de serviços”. 
A UPA ganhou novas salas, além das de recepção e acolhimento: sala de pré-consulta (classificação de risco), Raio-X, sala de coleta de sangue, sala de espera de exames (laboratoriais) e sala de medicação intramuscular (que antes funcionava anexa à Pediatria). 

CAPACITAÇÕES
O CONSIRJ também vem investindo em treinamento e capacitação das equipes da UPA e SAMU 192. Recentemente o tema “Atendimento e Humanização ao Cliente” foi abordado pela psicóloga e especialista em psicologia da Saúde, Janine Sestari. O objetivo, segundo o diretor do consórcio, foi demonstrar a importância da humanização no processo de cuidado aos pacientes e garantir a motivação, empenho, responsabilidade e estimular a troca de saberes entre os colaboradores.
Os profissionais da UPA e do SAMU também participaram recentemente de uma capacitação realizada em Catanduva, sobre “Curativos gerais e em queimados”, promovido pelo Hospital Padre Albino. Foram abordados temas como a Avaliação e Conduta no Tratamento de Feridas e Etiologia da Queimadura. O hospital é referência regional no assunto.
“Temos realizado capacitações e treinamentos nas mais diversas áreas para proporcionar conhecimento aos nossos servidores que vão poder oferecer aos usuários da UPA um atendimento seguro, confiável e eficaz”, finalizou o diretor José Roberto Pietrobom.
O prefeito Flá também agradeceu o apoio e engajamento dos demais prefeitos dos municípios consorciados: “todos compreenderam a necessidade das mudanças e melhorias, pois queremos uma UPA melhor para nossa região”.
Flá também agradeceu ao Secretário de Obras, Planejamento e Habitação da Prefeitura do Município de Jales, Manoel Andreo de Aro e, sua equipe que acompanharam desde o início as obras e adequações do prédio.