Observatório

Único amigo

Hoje eu gostaria de prestar minha homenagem a ele. Que me conforta nos momentos difíceis. Meu único amigo nos momentos de dificuldades. Como são confortantes as noites quando ele murmura nos meus ouvidos. Minha homenagem ao amado AR CONDICIONADO.  Háháhá. O que eu tenho suado esses dias não é brincadeira. Se desse para aproveitar meu suor, eu acabaria com a crise de falta d’água. Háháhá.
E a chapa da prefeita Nice está esquentando. Será que essa iminente votação de cassação vai realmente acontecer? Acho difícil. E se acontecer, há pelo menos dois ou três vereadores que não têm peito de votar pela cassação. Duvida? Háháhá.
E na cidade de Barretos uma catadora de recicláveis encontrou um envelope com cheques com cerca de R$250 mil no lixo. Os cheques eram doações ao Hospital de Câncer de Barretos. Será que está sobrando assim? Háháhá. Claro que deve ter sido um deslize de algum funcionário. Todo mundo sabe e ninguém duvida do trabalho feito por esta instituição. Coisa de 1º mundo.
E começou o BBB 15. Bela m#*@. Háháhá.
E nem parece que estamos num país atolado em denúncias de corrupção e toda sorte de roubalheira e problemas. Nossa presidente, no melhor estilo de um certo pilantra que conhecemos, resolveu assinar decretos criando o Dia do Milho, que será comemorado em 24 de maio. Criou também o Dia da Parteira Tradicional, comemorado em 20 de janeiro. É brincadeira!
Eu gostaria de saber como é que a cúpula do governo federal se despede uns dos outros após as reuniões. Com a operação Lava-Jato em andamento ninguém tem certeza se voltará para a próxima reunião ou se estará na cadeia. Háháhá.
Eu hoje comi broto de bambu. Isso mesmo, broto de bambu. Aliás, um broto gigante. Meio broto encheu a maior panela de casa na hora de ferventar. E depois de bem ferventado, é só temperar com azeite, sal e pimenta-do-reino e tomate picado. Delicioso!
Aliás, pense num cara que está enjoado de carne. Não aguento mais churrasco. Quando vou a um churrasco, como pouco e bebo pouco. Como diria um amigo meu: “Estou entojado”. Háháhá.
E o carnaval vem ai. Ano passado a máscara do ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa foi a sensação. Campeão de vendas em todo Brasil. Esse ano a concorrência é grande. Graça Foster, presidente da Petrobrás. Nestor Cerveró, aquele que tem um olho mais baixo que outro. Além da presidente Dilma. Vixi! Assim não é carnaval, é Halloween. Háháhá.
E diz a lenda que um ex-presidente do Brasil, já no final da adolescência, teria tido o seguinte diálogo com sua mãe: “Mamãe, me chamaram de mentiroso na escola.” E a mãe: “Menino, pare com isso, você nem vai prá escola”. Háháhá.
Por hoje é só. Tchau!

 Fábio César Fiorani
Professor de Inglês, graduado pela FAI-Jales e pós-graduado em Língua Inglesa pela UNESP de São José do Rio Preto - Franqueado CCAA em Jales.
jales@ccaa.com.br

Desenvolvido por Enzo Nagata