jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

TRIATHLON:Jales e o esporte

Por Mair Gama
23 de setembro de 2018
Mair e a esposa Luciana em umas das competições
Será que Jales, já teve um representante no triathlon? Sim, não só no triathlon como no ironman também. 
O que seria o short triathlon, o triathlon, o ironman half e o ironman full? Vamos lá, short triathlon é uma modalidade mais rápida do triathlon, suas medidas são 900m de natação 20km de bicicleta e 5km de corrida. Esta modalidade é indicada para quem está iniciando no triathlon. Triathlon, ou melhor “triathlon Olímpico” é uma modalidade com uma quilometragem maior 1.500m de natação, 40km de bicicleta e 10 km de corrida. Esta modalidade já exige um pouco mais dos atletas. 
Agora vamos falar das provas de ironman, modalidade que exige muito do corpo e da mente, estas provas não bastam você está bem fisicamente se sua mente não estiver preparada psicologicamente. São provas de longa duração, onde seu corpo vai ao limite do esforço físico.
Quando pensamos em fazer um ironman, é indicado começar pelo half onde suas quilometragens são menores: 1900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida, tudo isto na mesma sequência, sai de um e já inicia na outra modalidade sem descanso. 
Bom, falei do short triathlon, do triathlon olímpico e do ironman half, agora vamos falar do “HOMEM DE FERRO”. O que precisa para se tornar um homem de ferro? Precisa nadar 3.8km de natação, 180km de bicicleta e correr 42.195 metros, loucura? Não, é isso mesmo, para se tornar um ironman full você precisa percorrer 225.195km numa sequência de provas sem parar. 
Para muitos fazer uma prova desta é loucura, mas para outros é superação. Em 2015, Jales teve seu primeiro representante numa prova de ironman full, foi em Fortaleza. O tempo máximo da prova é de 17hs. Conseguimos fazer em 10:49min. 
Quando você percebe que não é normal? Quando resolve fazer um ironman full. E como se consolida esta loucura? Quando começa a treinar para a prova. Quando vem a certeza que você não é normal? Quando você fez a prova. Brincadeiras a parte mais é bem assim mesmo.
Apesar de toda esta loucura, você só tem uma certeza, valeu a pena! Agora sim, sou um “HOMEM DE FERRO”.
Não importa a modalidade esportiva, o que importa é o prazer que você sente em estar praticando determinada modalidade.

Mair Gama
(bacharel em Administração e cursando Educação Física no centro Universitário UNIJALES)