sexta 05 junho 2020
Manchete

Três suspeitas de coronavírus são monitoradas no noroeste paulista

Por enquanto nenhum caso suspeito de coronavírus foi registrado em Jales, de acordo com a secretária de Saúde Maria Aparecida Moreira Martins, mas três pessoas foram consideradas como suspeitas de estar com a doença no noroeste paulista informou o Diário da Região.
Um dos suspeitos é um homem que chegou a Rio Preto com resfriado, vindo do norte da Itália, onde a doença está se proliferando. Inicialmente o caso foi descartado pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado, mas depois, segundo o diretor-executivo do Hospital de Base, Jorge Fares, ele foi novamente encaminhado para mais exames. O hospital foi incluído na lista de instituições escolhidas pelo Estado para integrar o Centro de Contenção do Coronavírus, que conta com outros hospitais do interior, litoral e capital.
Outro caso suspeito foi registrado em Nhandeara. De acordo com um boletim da Secretaria de Estado da Saúde o paciente foi isolado em casa e segue sendo monitorado. A secretaria aguarda o resultado dos exames de sangue encaminhado para análise no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.
O terceiro caso suspeito é de Barretos e está sendo investigado pela Secretaria de Saúde do município que comunicou o caso na quinta-feira, dia 27 de fevereiro. Trata-se de uma mulher que também está em isolamento familiar. Ela apresentou sintomas da doença depois de manter contato direto com uma pessoa que chegou do Japão há 10 dias, com sintomas da doença.
A mulher está sendo monotorada pelos profissionais da Secretaria de Saúde que afirmou seguir todas as orientações do protocolo estabelecido para a doença, incluindo a coleta de amostras de sangue para análise e aguarda o resultado dos testes.
Apesar de por enquanto nenhum caso ter sido registrado em Jales, a secretária de Saúde informou que o município está preparado para monitorar cada situação, inclusive com as equipes fornecendo informações de como as pessoas podem se prevenir.
Desenvolvido por Enzo Nagata