jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Suspensão temporária do MIT não atrapalha Plano Municipal de Turismo, afirma diretor do setor

por Luiz Ramires
27 de janeiro de 2019
Os eventos culturais, como o Concerto Solidário, Saúde e Música, também serão incluídos entre as atrações turísticas da cidade
A exclusão temporária de Jales e de vários municípios do programa Município de Interesse Turístico, que destinaria cerca de R$ 600 mil anuais para investimentos no setor, deverá atrapalhar algumas obras que estavam sendo planejadas, enquanto se aguarda a revisão prometida pelo governador João Doria e que deverá reinserir Jales, como acredita o prefeito Flávio Prandi Franco (DEM).
 Isso, no entanto, não deverá comprometer a execução do plano diretor do turismo que prevê várias ações a serem executadas no curto e longo prazo. A afirmação é do diretor de desenvolvimento do Turismo da Prefeitura, Luiz Carlos Gonzaga, lembrando que esse planejamento já vem sendo elaborado junto com o Conselho Municipal de Turismo e propõe, no curto prazo ações para o fortalecimento da cadeia produtiva do turismo, valorização dos atrativos turísticos locais, infraestrutura turística, marketing da destinação, políticas públicas e legislação e sensibilização do público interno.

PLANEJAMENTO
Luiz Gonzaga lembrou que Jales e a região têm um histórico de interrupção de programas de desenvolvimento do turismo como aconteceu na década de 1990 com o Contunor e algumas outras iniciativas, mas agora esse novo planejamento deverá ser mais consistente, pelas condições atuais e pela forma com que tudo vem sendo programado para ser executado no longo prazo, o que inclui o calendário anual que já está pronto e um projeto para tombamento do patrimônio histórico. 
O calendário que deverá ser aprovado pela Câmara inclui os mais variados eventos que acontecem na cidade que tem muito para oferecer, ao contrário do que muita gente pensa, como afirmou Luiz. Até o turismo didático está sendo preparado, junto com a Secretaria de Educação, para que as crianças possam conhecer os atrativos e também desenvolver a conscientização sobre o meio ambiente.
Como o prefeito, Luiz também acredita que Jales deverá ser reintegrada ao MIT pela seriedade com que todo o trabalho nessa área vem sendo desenvolvido e que ficou muito bem demonstrado quando foi elaborado o projeto pedindo a inclusão do município no programa.