jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

SUSPEITAS DE FRAUDES

Investigação do Bolsa Família em Jales começa nos próximos dias
14 de setembro de 2015

por Luiz Ramires

No próximo dia 17, quinta-feira, deverá ser conhecida a empresa que vai ser contratada para realizar o trabalho de investigação junto às pessoas do município que recebem recursos do programa Bolsa Família, do Governo Federal. O trabalho deverá começar no máximo até no fim do mês, como o secretário de Promoção Social, Carlos Roberto Cardozo. Ele informou que em Jales são cerca de 1450 famílias cadastradas no programa, 
Esse trabalho,  que deverá ser dividido por setores da cidade, atende a uma recomendação do Ministério Público Federal em Jales e os resultados deverão ser apresentados em 90 dias, com o número exato de pessoas que estão recebendo pelo programa. O objetivo é confirmar se todas estão enquadradas nos requisitos exigidos ou se existem algumas que não se enquadram e precisam ser excluídas do benefício.
Cardozo explicou que não é só em Jales que essa investigação vem sendo feita por recomendação do Ministério Público Federal. Ele disse que houve algumas denúncias na região que levaram a  essa decisão, a fim de evitar abusos que em alguns casos incluem funcionários municipais e até políticos.
O secretário acredita que pode até ter alguns casos em Jales, mas ele acha difícil, pois como afirmou, a equipe da Secretaria vem fazendo um trabalho permanente de acompanhamento das famílias cadastradas, atendendo todas as denúncias e desligando quem não tem direito.
 
DEMORA
Cardoso disse que apesar de estar enviando novas solicitações para inclusão no programa Bolsa Família quase que diariamente, o Governo Federal não vem liberando o benefício para os novos cadastrados há cerca de três meses, sendo que os programas do Governo do Estado, como o Renda Cidadã que tem 410 incluídos e o Ação Jovem, com 145 inscritos, estão com as inscrições suspensas há vários meses.