jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Semana de fiscalização do CREA-SP teve 745 visitas na região

por Luiz Ramires
21 de outubro de 2018
A diretoria da AERJ com o presidente do CREA-SP, Vinicius Marchese Marinelli, o gerente da GRE-9, José Paulo Saes e a equipe de Inspetores de Jales, durante a apresentação dos trabalhos
A semana de fiscalização realizada em agosto pelo CREA-SP na região de Jales resultou em 745 ações que este ano foram voltadas para o meio ambiente. Em toda a região de Rio Preto foram 2.670 o que mostra o resultado altamente satisfatório do trabalho desenvolvido pela Unidade de Gestão e Inspetoria (UGI) de Jales que inclui 21 municípios. Este resultado também se reflete no Estado que em agosto registrou um recorde de mais de 100.000 recolhimentos de Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs), apesar do período de recessão econômica do país. Isso porque muitas empresas e particulares procuram regularizar sua situação.
Os números foram apresentados no dia 29 de setembro, em Votuporanga, durante o encerramento da sétima etapa regional do Colégio de Inspetores, com a presença do presidente do CREA-SP Vinicius Marchese Marinelli e que contou com a participação da diretoria da AERJ e do chefe da UGI de Jales, Agnaldo Vendrame.
Além do esforço de toda a equipe que trabalhou na região, o chefe da UGI de Jales destacou a boa receptividade oferecida aos fiscais, tanto pelas empresas quanto pelos particulares que entenderam essa necessidade de se fazer um trabalho como esse, importante para toda a comunidade.
Além das visitas a propriedades particulares, a semana de fiscalização incluiu os segmentos de usinas de açúcar e álcool, extração de minérios, aterros sanitários, frigoríficos, beneficiamento de borracha, empresas agropecuárias, viveiros de mudas e pisciculturas. As áreas fiscalizadas envolveram a engenharia civil, engenharia mecânica e metalúrgica, engenharia elétrica, engenharia de segurança do trabalho, agronomia, geologia e engenharia de minas, engenharia química e engenharia de agrimensura.
O chefe da UGI de Jales destacou a participação da AERJ, através da sua presidente Sílvia Andreu Avelhaneda Pigari e do inspetor-chefe Antônio José da Cruz que deram todo apoio para que a fiscalização em Jales alcançasse o sucesso além do esperado. Ele espera que essa parceria continue sempre tendo como objetivo aprimorar os trabalhos e contribuir para que a comunidade possa contar com as ações de fiscalização que ela precisa.