jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Roberto Gonçalves traz Curso de Formação de Psicanalistas

Roberto Gonçalves estará em nossa cidade na semana do aniversário da cidade, quando autografará seu livro “1949/1968 - A Jales que vivi “, onde retrata, em 520 páginas, fatos, casos e causos desse período pioneiro de nossa cidade.
13 de março de 2017
Roberto: “A psicanálise é a cura para os problemas”
Pelas mãos do jalesense Roberto Gonçalves, Presidente do Instituto Brasileiro de Psicanálise Contemporânea (IBPC), o Curso de Formação de Psicanalistas chegou a nossa cidade.
Para Jales é uma grande conquista, porque a formação de psicanalistas acontece nas grandes capitais e metrópoles brasileiras. Com certeza Jales é o menor município do Brasil que recebe um Curso de Formação de Psicanalistas, por obra e graça de Roberto Gonçalves, jalesense de corpo e alma, responsável pela frase “ A gente sai de Jales, mas Jales não sai da gente “, reveladora de seu profundo amor à  terra natal, onde passou  infância e juventude.
Roberto Gonçalves estará em nossa cidade na semana do aniversário da cidade, quando autografará seu livro “1949/1968 - A Jales que vivi “, onde retrata, em 520 páginas, fatos, casos e causos desse período pioneiro de nossa cidade.
Para entender melhor o mundo da psicanálise e essa vitória de Jales conquistando esse curso, entrevistamos o Psicanalista, Historiador, Sociólogo, Teatrólogo, Professor, Poeta e Escritor Roberto Gonçalves:

J.J. - Muita gente em nossa cidade desconhece a importância da psicanálise na vida das pessoas. Como você explica esse fenômeno?
Roberto - Em primeiro lugar, a ausência de um corpo de psicanalistas na cidade, com clínicas abertas e promovendo atividades sócio-culturais na área da psicanálise. Em segundo lugar, a distância das grandes metrópoles, impeditiva dos jalesenses cursarem o Curso de Formação de Psicanalistas.

J.J. -  Parece que a elite cultural de Jales tem informações adequadas a respeito da psicanálise. Você concorda ?
Roberto- Acredito que sim. As pessoas que tem o hábito da leitura costumam saber de tudo um pouco. E como a psicanálise é uma teoria nascida da genialidade de Freud, pensador que se enquadra na história dos grande gênios da humanidade, dividindo com Einstein, Isaac Newton, Pasteur, Alexander Fleming,  entre outros, o podium das grandes invenções.

J. J. - Como explicar, de maneira simples e direta, a genial invenção de Freud ?
Roberto- Psicanálise é a teoria criada pelo médico neurologista Sigmund Freud, após exaustivas pesquisas a respeito do inconsciente, quando obteve grandes descobertas sobre os mistérios da mente. Principal tratamento das neuroses, a psicanálise trabalha o paciente, estimulando sua fala no divã, resultando daí o chavão que se popularizou com a expressão de que  “ A psicanálise é a cura pela palavra “. É na fala do paciente que se processa a livre associação de idéias, permitindo também a interpretação dos sonhos, observação e análise dos fenômenos da “ transferência “ e análise dos atos falhos e da resistência. A psicanálise é um método de investigação do inconsciente, mergulhando fundo no vasto universo da emoções..

J.J. -  A psicanálise é uma profissão legalizada e regulamentada ?
Roberto - A psicanálise é uma profissão livre e garantida pela Constituição Federal no artigo Quinto, incisos II e XIII e delineado por parecer do Conselho Federal de Medicina. O psicanalista é um profissional que exerce sua profissão em consultórios, clínicas, escolas e hospitais, devendo ter sólida formação humanista. Os psicanalistas tem a profissão na CBO ( Classificação Brasileira de Ocupações ), No Ministério do Trabalho, portaria número 397/TEM de 9 de Outubro de 2002, sob número 2515.50, podendo exercer sua profissão em todo território nacional.

J.J. -  Qual a duração do Curso de Formação de Psicanalistas ?
Roberto - De acordo com as leis em vigor, o IBPC fornecerá o certificado de conclusão do curso, após 30 meses. Em Jales, o início do curso será dia 6 de Maio, sábado, das 8 as 18 horas, com os melhores professores do Brasil.

J.J. - Quais os principais objetivos do curso ?
Roberto - Qualificar os alunos para o exercício legal da profissão de psicanalistas, fornecendo qualidade de ensino, usando técnicas e processos dinâmicos, contemporâneos e modernos. Realizar estudos e debates sobre psicanálise, capacitando os futuros psicanalistas para o entendimento profundo das emoções humanas, razão principal de sua formação.

J.J. -  No campo ético, quais são os principais cuidados da psicanálise ?
Roberto - A função básica do psicanalista é orientar as pessoas para que vençam sua dificuldades existenciais, reduzindo fobias, ansiedades, depressões, obsessões, impulsos agressivos, angústias, neuroses e crises gerais de natureza emocional. É dever do psicanalista manter sigilo, obedecer todas as leis da ética profissional, revelando bom senso, respeitando a dignidade, a honra e os problemas de seus  pacientes. Para o sucesso profissional do Psicanalista, é obrigatório saber ouvir, tomar decisões para ajudar o paciente, todas e quaisquer circunstâncias.
O psicanalista sempre deve ter em mente que o paciente procura o divã porque tem dificuldades para resolver sozinho o sofrimento provocado por seus conflitos emocionais. Fazer parte da solução é a razão principal da psicanálise.

J.J. -  Para você, que já exerceu importantes cargos na vida cultural, social e política, culminando com a Chefia do Escritório da Presidência da República no Estado de São Paulo, como é essa experiência de jogar o corpo inteiro na direção da psicanálise, exercendo o cargo máximo de Presidente do Instituto Brasileiro de Psicanálise Contemporânea ?
Roberto -  A psicanálise é o maior e melhor prazer intelectual e emocional que um ser humano pode conquistar. Fui contagiado com essa descoberta e mergulhei profundamente no estudo da psicanálise. Cliniquei durante quinze anos, vivendo várias vitórias, com a certeza que ajudei centenas e centenas de pessoas voltarem para a vida. Para mim, metido a escritor e criador de frases,  “ psicanálise é a teoria que devolve a vida “.

J.J. - E a crítica, principalmente de alguns profissionais concorrentes, que a  psicanálise é elitista, procurada por ricos e classe média alta, excluindo mais de dois terços da população brasileira ?
Roberto - A verdade é que a psicanálise não chega aos mais pobres, porque não trabalha com planos de saúde, é excluída de programas oficiais de saúde pública. E o grande desafio que estou vencendo, em busca da popularização da psicanálise, é a formação de psicanalistas em todo Brasil, permitindo que a psicanálise chegue até as cidades mais distantes, como está acontecendo com Jales.

J.J. -  Como pretende divulgar o curso em Jales e região ?
Roberto -  Nosso contato em Jales e região é a Dra.Andréia Sakashita,gestora de uma respeitável instituição, a LFG, filha de  Durvalino, meu grande amigo de infância.

J.J. -  Parece que você pretende fazer de Jales um Centro Nacional de Psicanálise, valorizando, e muito, nossa cidade ?
Roberto - Tenho certeza que vou realizar esse sonho. Basta acontecer a primeira turma de psicanalistas para o projeto tomar forma. Assim como acabo de realizar meu grande sonho de escrever um livro sobre a história de Jales, também vou colocar Jales como discípula de Freud em solo brasileiro. Palavra de jalesense!