Fique Sabendo

REFORÇO – O provedor da Santa Casa, Carlos Toshiro Sakashita, resolveu profissionalizar o Setor de Captação de Recursos da instituição. Para tanto, fechou negociações com Roney Lorenzetti

Provedor Toshiro reforça Captação de Recursos com Roney Lorenzetti

REFORÇO – O provedor da Santa Casa, Carlos Toshiro Sakashita, resolveu profissionalizar o Setor de Captação de Recursos da instituição. Para tanto, fechou negociações com Roney Lorenzetti, proprietário da empresa SIEMP-Consultoria e Serviços Administrativos, de Votuporanga. Lorenzetti disse ao comentarista que possui know-how na área, tendo prestado serviços à Santa Casa de Votuporanga durante sete anos ao longo dos quais afirma ter contribuído para que o Setor de Captação daquele hospital obtivesse bons resultados.

CURRÍCULO - Além de Votuporanga, a empresa de Lorenzetti atuou em outros hospitais filantrópicos da região como as Santas Casas de Riolândia, Paulo de Faria e General Salgado, bem como Casa de Saúde de Indiaporã e Prefeitura de Parisi.

ARRASTÃO – Roney Lorenzetti informou também que na próxima terça-feira, dia 23, ele embarca para Brasília. O roteiro inclui visita pessoal aos gabinetes dos 70 deputados federais paulistas bem como aos três senadores —José Serra e Mara Gabrilli (PSDB) e Major Olimpio (PSL), em busca principalmente de emendas parlamentares, mostrando com números que a Santa Casa de Jales é instituição administrada com a maior seriedade.

B.O. - Como um assunto puxa outro, vale transcrever aqui trecho de entrevista coletiva concedida por Marcus Chaer, administrador judicial e provedor da Santa Casa de Fernandópolis por conta da passagem do primeiro ano de intervenção, transcorrido no último dia 18 de fevereiro: “A Santa Casa enfrenta problemas de prestação de contas de emendas parlamentares do passado, que geram inclusive processos. Num desses valores temos que devolver R$ 600 mil porque não conseguimos provar para onde foi esse dinheiro. A questão é: se a gente não devolve, eles cortam os outros repasses”.

BATENTE – Se não houver mudanças de última hora, o prefeito Luís Henrique Moreira (PSDB) deverá retornar ao trabalho em seu gabinete no Paço Municipal a partir de amanhã, dia 22. Como os leitores sabem, LH passou os últimos 15 dias em isolamento domiciliar para se recuperar da Covid-19. Tanto ele quanto a esposa Alziane, primeira-dama do município e presidente do Fundo Social de Solidariedade, cumpriram a quarentena sem sobressaltos.

LINHA DIRETA - Como a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi Nacca (PP) também foi contaminada, o prefeito optou pelo trabalho no formato home-office, despachando os documentos mais urgentes de sua residência. Quanto à vice-prefeita, o secretário de Comunicação Douglas Zilio informou à coluna que, o quadro dela teve intercorrências que exigiram cuidados especiais.

TELEMEDICINA – José Ângelo Caparroz Vieira, chefe de gabinete do prefeito, outro alcançado pela Covid-19, respirou aliviado quando os testes feitos por sua esposa Ana Carla, diretora do Departamento de Comunicação da Prefeitura, e sua filhinha Ana Helena deram negativo. O tratamento dele foi orientado pelo irmão João Antonio, cardiologista em São Paulo.

ÁGUA LIMPA – A informação veiculada por este jornal l segundo a qual Jales tinha sido o primeiro município do Brasil a manifestar interesse pela aquisição de lotes da vacina russa Sputinik V em tratativas com a Representação Comercial da Rússia em nosso país rendeu consideráveis dividendos à Prefeitura Municipal. Emissoras de televisão como a TV TEM e o SBT dedicaram generoso espaço ao assunto, confirmando a crença de que quem chega primeiro bebe água limpa.

TABELINHA – No dia seguinte, mais alguns segundos de graça na telinha. O programa jornalístico noturno da afiliada da Globo revelou que outro município da região também tinha interesse em comprar a vacina russa —Buritama. Não deve ter sido por acaso. Foi lá que o prefeito de Jales, Luís Henrique dos Santos Moreira, viveu infância, adolescência e juventude, inclusive elegendo-se vereador. E o atual prefeito de Buritama, Rodrigo Zacarias dos Santos (Republicanos) é primo em segundo grau do alcaide jalesense.

SEMÁFORO – Para que o negócio com os russos se concretize é preciso que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária analise e aprove a Sputinik V. Segundo Viktor Seremetker, chefe da Representação Comercial da Rússia no Brasil, assim que a Anvisa der sinal verde, o pedido de Jales será examinado para análise do “Russian Direct Investment Fund”, entidade responsável pela distribuição da vacina no mundo.

FATOS E FOTOS – Celso Maia Altimari aniversaria neste domingo, 21 de fevereiro. Normalmente, fatos como este são registrados no caderno social, mas o caso dele é diferente. Ele merece ser parabenizado não somente pela mudança de idade, mas principalmente por um relevante serviço que vem prestando à população de Jales. Celso tem uma página no Facebook intitulada “Jales Fatos e Fotos” na qual posta imagens e comenta fatos que têm a ver com momentos históricos. O trabalho que ele faz a custo zero tem ainda mais valor porque, neste ano de 2021, Jales vai completar 80 anos de fundação no dia 15 de abril. Vida longa a este valoroso ativista cultural.

Prefeito Luís Henrique e vice Marynilda: reações diferentes durante o isolamento domiciliar

Desenvolvido por Enzo Nagata