jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Prostíbulo confundido com diretório do PT

por Fábio Fiorani
30 de junho de 2019
Fábio Fiorani
Essa foi destaque no Jornal da Paraíba. Um afamado prostíbulo de João Pessoa, capital do Estado, resolveu trocar as luzes vermelhas da entrada do local que por décadas foi símbolo daquela casa de prazeres. A clientela estranhou e pediu explicações. A gerência do cabaré divulgou nota em redes sociais explicando a mudança. “Tomamos tal decisão por que estávamos sendo confundidos com a sede do PT, por conta da cor vermelha, e, para não macular nossa reputação...não vimos outra solução”. Háháhá. E a nota completou: “Aqui frequenta p*#a, corno, ve@*o, sap*#ão... mas ladrão não. Nunca houve um roubo aqui”. Háháhá. O pior é que é verdade! Háháhá.
Está pensando em comprar um carro usado com baixa quilometragem? Então espere que o governo faça um leilão para substituição da sua frota. Um carro em especial estará com a quilometragem baixíssima. É que aquele ex-presidente, agora presidiário, ainda tem direito ao seu carro oficial. É isso mesmo. Ele está preso e tem direito a carro oficial como ex-presidente que é. Boa oportunidade para comprar um carro quase sem rodar. Háháhá. 
E segundo a Folha de S. Paulo e alguns blogs petistas, o presidente Bolsonaro teria ajudado o Neymar a estuprar a loirinha lá em Paris. Eles dizem que têm gravações de áudio e até imagens do presidente segurando a moça para o Neymar abusar dela. Háháhá.
Aliás, um segundo-sargento da Aeronáutica foi preso na França acusado de transportar 39kg de cocaína num avião da Força Aérea Brasileira. Baseado nesses novos fatos os advogados daquele ex-presidente, agora presidiário, vão entrar com habeas corpus pedindo a soltura dele. E o impedimento do ex-juiz Sérgio Moro, claro. Háháhá.
Já a nossa Câmara Municipal aprovou emenda que proíbe a nomeação em cargos de comissão de pessoas condenadas por abuso e exploração de crianças.  Que bom! Háháhá. Na próxima sessão deve ser votado projeto que proíbe pessoas condenadas mais de quatro vezes por tráfico de drogas, de trabalhar em escolas municipais. Háháhá. 
Por falar em Jales e suas peculiaridades, um amigo (não consegui falar com ele para pedir autorização para citar seu nome) dia desses me mostrou um panfleto da campanha Jales no Rumo Certo de Parini/Clóvis Viola, na qual havia promessa de construção de dois viadutos na nossa cidade, um na Rua Dois e outro no Roque Viola. Pois é! Háháhá. Eu não posso falar nada. Nessa época eu prometi parar de beber cerveja. Háháhá.
Segundo levantamento do Congresso em Foco, mesmo com a higienização das últimas eleições, o Senado Federal ainda tem 25 integrantes respondendo a 64 inquéritos na justiça. Isso por que 19 senadores com o mesmo problema não foram reeleitos. Foi a esse grupo que o Ministro Sérgio Moro foi dar explicações sobre um projeto anticrime. Háháhá. Será que vai ser aprovado? Háháhá.
Por falar em bandido, os advogados daquele ex-presidente, agora presidiário, são muito ruins. Trabalham para o homem mais honesto do mundo e que foi condenado sem provas e mesmo assim não conseguem tirá-lo da cadeia. Háháhá.
Por hoje é só. Tchau! 

Fábio Fiorani
(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales)