quarta 14 abril 2021
Geral

PRODUÇÃO DE LEITE: Mudar para crescer, tema de nova peça de jalesense

Manoel de Matos em cena: o poder da mensagem em 50 minutos eletrizantes 

Por  Bruno Gabaldi

O ator Manoel de Matos vem promovendo ensaios abertos da peça “Chico Santo e a Vaca Estrela”, de sua autoria, com direção de Manoel Paz.

Foi o que voltou a acontecer na última segunda-feira, dia 22 de janeiro, às 20 horas, na sala de convenções do Jales Center Hotel para grupo restrito de convidados., entre os quais o autor destas linhas, o filho do ator, Felipe, e o jornalista Deonel Rosa Junior, diretor do J.J.

Durante 50 minutos, o autor e ator Manoel, engenheiro agrônomo de formação, expôs com talento e competência o dilema de um humilde produtor de leite, ainda ligado a métodos antigos no retiro de sua pequena propriedade, relutando em aceitar sugestões de um vizinho, que tentava convence-lo da importância da assistência técnica para melhorar a produção.

Embora o ator permaneça o tempo inteiro sozinho no palco, o diretor Manoel Paz fez questão de dizer, ao final do ensaio, que não se trata de um monólogo, pois, durante a peça, o personagem promove diálogo imaginário com sua vaca Estrela, com o vizinho e sua esposa Ritinha, produzindo momentos hilariantes.

TEMPORADA

Tanto ator quanto diretor ainda não definiram a data da estreia já que, com a pandemia e as restrições sanitárias, as artes cênicas e os demais espetáculos, inclusive na área de show buzines, entraram em hibernação.

A exemplo do que aconteceu com “Somos todos José”, peça de estreia, que foi vista por mais de 10 mil espectadores em 15 estados, Manoel pretende encenar o texto pelo Brasil afora.

Para custear a produção, ele foi autorizado a captar R$ 650 mil junto à iniciativa privada através da Lei de Incentivo à Cultura, mais conhecida como Lei Rouanet.

 Manoel Paz, o diretor: “a montagem da peça pode até parecer, mas não é monólogo”

Desenvolvido por Enzo Nagata