quarta 03 junho 2020
Observatório

Previsão de final de ano

Socorro! Já estamos na metade de novembro. Acabou o ano. Então vamos começar a contagem regressiva. Só faltam quatro anos de governo Dilma e mais oito de Lula. Depois estaremos livres do PT. Háháhá. Depois de uma previsão dessas a D. Marisa Pietrobon, leitora assídua dessa coluna, vai ter um ataquedo coração. Brincadeirinha, D. Marisa, daqui a quatro anos o Aécio vai ser nosso presidente. Háháhá.O petismo é como sarampo, a gente tem que passar por ele. Só que virou epidemia. Háháhá.
E por falar em política, o meu consultor para assuntos de construções e edificações Carlos Roberto Bussolotti, me contou que costuma ouvir as transmissões das sessões da Câmara Municipal às segundas-feiras. E segundo o Bussolotti, não tem valido a pena ouvir as tais transmissões. “Não compensa gastar as pilhas do rádio”, disse ele. Háháhá. Será?
E por falar em Bussoloti, a esposa dele, Cideli, me ensinou uma receita de cupim na panela de pressão que é de acabar com qualquer regime. Basta temperar o cupim com sal, muito alho, cheiro-verde e uma boa quantidade de limão. O limão faz toda a diferença. Deixe marinar durante uma noite. Refogue na panela de pressão e cozinhe com o caldo onde marinou por cerca de uma hora. Socorro! Vou fazer com maminha também.
E não há outro assunto na cidade. Só se fala na possível cassação da prefeita Nice. E já há apostas rolando. Quem cairá primeiro, a Nice ou a presidente Dilma? Háháhá.
E foi destaque na globo.com que o ex-mega empresário Eike Batista resolveu investir numa empresa sul-coreana especializada em remédio contra impotência. Estudos mostram que a impotência psicológica está relacionada com estresse e problemas financeiros. Se for verdade, o Eike Batista vai consumir boa parte da sua produção de remédio. Háháhá.
E o PSDB chegou a insinuar que haveria casos de fraude em urnas eletrônicas durante as eleições desse ano. Alguns mais exaltados chegaram a sugerir pedido de recontagem de votos. Háháhá. Vixi! Então vou pedir recontagem de débitos na minha conta corrente. E recontagem de buracos no asfalto de Jales. E recontagem de gols da Alemanha contra o Brasil na Copa. Será que foram apenas sete gols mesmo? Eu perdi as contas no primeiro tempo. Háháhá.
E o delegado Dr. Biazzi está fazendo horas-extras nos últimos tempos. A cada 15 dias acontece um homicídio na cidade. E depois de alguns dias o Biazzi já prendeu ou o homicida se entrega. E acho que o Dr. Biazzi fica revoltado quando alguém se entrega, afinal, nada mais emocionante que investigar e capturar o meliante. Háháhá. Quando o Biazzi está já de armas em punho, prestes a pegar o cara, ele se entrega. Um desaforo. Háháhá.
Por hoje é só. Tchau!

    Fábio César Fiorani
Professor de Inglês, graduado pela FAI-Jales e pós-graduado em Língua Inglesa pela UNESP de São José do Rio Preto - Franqueado CCAA em Jales.
jales@ccaa.com.br

Desenvolvido por Enzo Nagata