jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Preocupação com a Keleck deve abrir espaço para novas empresas

O empresário informou que a Keleck conta com cerca de 230 colaboradores e espera dobrar esse número, instalando-se em um espaço mais amplo.
04 de março de 2018
Oferecer espaços para empresas como a Keleck crescerem é preocupação do prefeito Flávio Prandi Franco
A Prefeitura de Jales espera definir nos próximos meses uma área para abrigar a Keleck que vem recebendo propostas de cidades vizinhas para instalar sua nova unidade, onde a empresa possa expandir sua produção. Mas essa área deverá abrigar também outras empresas que precisam de espaço para aumentar a produção além de poder atender as necessidades dos empresários que procuram se instalar no município.
O prefeito Flávio Prandi Franco acredita que com isso estará resolvido o problema de transferência da Keleck para uma cidade vizinha, pois algumas já ofereceram espaço para a fábrica, como afirmou o empresário Valdemar Cândido da Silva, um dos proprietários da empresa.
O empresário informou que a Keleck conta com cerca de 230 colaboradores e espera dobrar esse número, instalando-se em um espaço mais amplo. A mudança para outra cidade seria um último recurso, pois ele acredita que a Prefeitura de Jales deverá resolver o problema para que a empresa continue na cidade.
Entre as cidades que ofereceram espaço para levar a empresa jalesense o empresário citou Fernandópolis, Estrela d’Oeste, Santa Fé do Sul, Aspásia e Ouroeste. O empresário disse que chegou a visitar uma área de 7,5 hectares oferecida pela Prefeitura de Fernandópolis.

DEFINIÇÃO
Tanto o prefeito quanto o empresário confirmaram que vem mantendo contatos para agilizar a definição dessa área que não pode ser em qualquer lugar e depende do atendimento de várias necessidades, como de logística e meio ambiente, respeitando o plano diretor. O prefeito disse que já existem algumas áreas sendo analisadas para ver qual deverá atender melhor essas necessidades.
O prefeito afirmou que o novo espaço deverá ser suficiente para abrigar as empresas que precisam ampliar sua produção e ao mesmo tempo procurando atender as que estão interessadas em se instalar no município e buscando atrair novas empresas.
Além da Kaleck, o prefeito citou alguns exemplos, como o frigorífico que também precisa se expandir, ao mesmo tempo em que já foi informado que um novo frigorífico pretende se instalar na cidade.
Tudo isso deve fazer parte de um planejamento para ter uma avaliação das necessidades das empresas para saber quais estão precisando de mais espaço e quais querem se instalar no município, para procurar atender nesse novo espaço, como afirmou o prefeito.