quarta 05 agosto 2020
Geral

Prefeitura estuda solução para coleta de entulhos e reciclagem

A implantação de ecopontos para a coleta seletiva de materiais recicláveis está sendo avaliada pela Prefeitura, mas não há prazo para a execução do projeto, que está sendo estudado em conjunto com as Secretarias Municipais de Planejamento e de Obras e depende de previsão orçamentária. A informação é da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, em resposta a um requerimento do vereador Luiz Henrique Viotto (PP) encaminhado ao prefeito Flávio Prandi Franco (DEM). 
A secretaria Silvia Andreu Avelhaneda Pigari informou ao Jornal de Jales que o ecoponto é uma das soluções, mas existem outras, mais viáveis, mais eficientes, mais rápidas para serem implantadas e com custos menores, que também estão sendo estudadas.
A secretaria também encaminhou uma lista contendo os nomes dos bairros em que é feita a coleta de recicláveis pela Coopersol (Cooperativa Regional Solidária de Catadores de Resíduos Sólidos). 
O vereador questiona se a Prefeitura elaborou estudos para melhorar o programa de coleta seletiva de lixo no município. Segundo ele, munícipes o questionaram sobre o assunto, pois em cidades da região há programas de coleta e reciclagem que geram resultados satisfatórios.

APOIO
O vereador também pergunta se haveria projetos para expandir a coleta seletiva para todos os bairros, qual é o apoio que a Prefeitura oferece à Coopersol e quais ações são realizadas para divulgar e incentivar a separação de recicláveis no município.
A Prefeitura informou que a Coopersol utiliza veículos e equipamentos de propriedade do município, conforme os Termos de Permissão de Uso firmados e é responsável pela manutenção deles. O município paga o aluguel do imóvel em que a Coopersol está instalada, a conta de energia elétrica, fornece combustível para os veículos, realiza alguns tipos de manutenções, compra pneus e outras peças mais caras.  Segundo informações da cooperativa, existe apenas a necessidade de aquisição de um triturador de vidro e papel. 
A Prefeitura informou que pretende firmar parcerias entre a Coopersol e as Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Comunicação, Planejamento, Obras, Educação e Saúde para incentivar e orientar a população a separar materiais recicláveis. As campanhas serão realizadas em sites da Prefeitura e através de material impresso que será distribuído durante a coleta seletiva em todas as residências, escolas, empresas, indústrias e outros locais.

Desenvolvido por Enzo Nagata