sexta 05 junho 2020
Cidade

Prefeitura desmente fake news sobre repasses federais por conta da Covid-19

A Prefeitura de Jales está desmentindo informações distorcidas que vem sendo compartilhadas nas redes sociais, confundindo a população e prestando um desserviço. A Secretaria de Comunicação informa que é preciso garantir transparência aos atos da administração municipal, informar a população e evitar a distorção de informações ou a propagação de fake news.

Com relação ao aporte do Governo Federal, que será disponibilizado como auxílio financeiro aos Estados e Municípios, é importante ressaltar que Jales ainda não recebeu nenhum recurso federal e que não há uma previsão para o recebimento, nem o valor definitivo que será destinado.

O projeto de lei aprovado pela Câmara dos Deputados já sofreu alterações e a proposta inicial foi substituída por um novo texto mais abrangente, que foi discutido e aprovado pelo Senado, no último dia 2 de maio.

O que se sabe até o momento é que o repasse não se trata apenas de um valor adicional, mas também de uma compensação aos municípios devido à queda de arrecadação sofrida com a pandemia, além de outros fatores. No entanto, ainda são necessárias as aprovações finais pelos órgãos competentes e o aval do Presidente da República para que os valores e os prazos do repasse a cada município sejam definidos.

A Prefeitura de Jales reforça que prima pela transparência e pede encarecidamente que a população evite compartilhar informações sem antes checar as respectivas fontes e a credibilidade de quem noticiou. “As fake news estão surgindo a todo o momento nessa Pandemia da Covid-19 e precisamos ficar atentos ao que é noticiado antes de compartilharmos as informações. Esse tipo de falsa notícia ou de informações distorcidas, além de não contribuírem com o bem-estar social, atrapalham os serviços municipais que, neste momento, estão voltados aos cuidados com a população, sempre priorizando a saúde em primeiro lugar”, ressaltou o secretário municipal de Comunicação da Prefeitura de Jales, Douglas Zílio.


Desenvolvido por Enzo Nagata