jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

POUCO conhecida entre os estudantes, principalmente do interior, a Olimpíada de Astronomia é mais um evento para a troca de experiências entre estudantes e profissionais de determinada área do conhecimento muitas vezes pouco valorizada...

Contexto
19 de maio de 2019
POUCO
conhecida entre os estudantes, principalmente do interior, a Olimpíada de Astronomia é mais um evento para a troca de experiências entre estudantes e profissionais de determinada área do conhecimento muitas vezes pouco valorizada, mas importante para ampliar os horizontes de quem quer matar a curiosidade ou começar a se aprofundar em algum tema em que possa se interessar em pesquisar no futuro.

MESMO 
para quem não participa diretamente de um encontro como este que foi realizado no dia 17 de maio, sexta-feira, esse tipo de evento é um instrumento de discussão que tira o estudante do seu comodismo e leva os educadores a debater temas diferentes dos que normalmente são dados em sala de aula.

TANTO
que alguns dias antes da Olimpíada os estudantes das escolas municipais de Jales tiveram a oportunidade de manter contato com o astrofísico Paulo César da Silva, que realizou palestras para os alunos dos quarto e quinto anos do Ensino Fundamental sobre um tema que envolve o universo e as suas relações com o nosso planeta.

OS PRÓPRIOS
professores reconhecem essa importância, mas afirmam que essa é uma área que não recebe o incentivo que merece, embora tenha relações com as nossas vidas que praticamente não conhecemos e  nos ajudam a refletir sobre a nossa própria existência.

A VINDA
de um astrofísico para falar com os estudantes foi importante não só para levar esse tipo de reflexão para a sala de aula, como também para incentivar a participação dos alunos nas próximas olimpíadas, pois muitos certamente passarão a pesquisar e estudar um pouco esse tema tão envolvente.

NÃO
é difícil, pois o próprio palestrante, ao despertar a curiosidade da garotada, tirando dúvidas e dando explicações, também teve a oportunidade de divulgar seu trabalho, mostrando fotos  feitas com seus equipamentos e mostrando sua página na internet, dando dicas de como pesquisar o assunto no Youtube e outras fontes, nas redes sociais ou por instrumentos. (Luiz Ramires)