jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Postos podem ter que informar diferença entre gasolina e etanol em local visível

Pelo projeto, os postos terão que afixar ou colar o percentual, com letras e números iguais aos que informam o preço do combustível.
25 de fevereiro de 2018
Vereador afirma que o consumidor não pode ficar em dúvida sobre a vantagem do preço de cada combustível
Um projeto de lei que obriga os postos de combustíveis de Jales informarem em local visível para o consumidor o percentual da diferença entre os preços da gasolina e do etanol foi apresentado pelo vereador Tiago Abra (PP), para ser votado nas próximas sessões. 
Pelo projeto, os postos terão que afixar ou colar o percentual, com letras e números iguais aos que informam o preço do combustível, logo abaixo e no mesmo local onde é informado o preço de cada produto fornecido pelo estabelecimento.
Fica também determinado que o não cumprimento ao estabelecido nesta Lei acarretará multa de 10 Unidades Fiscais do Município (UFM), sendo aplicadas em dobro a cada reincidência.
O vereador justifica o projeto afirmando que a relação de consumo entre gasolina e etanol é vantajosa conforme o percentual de diferença entre seus preços. Estudos técnicos apontam que é vantajoso abastecer um veículo com etanol sempre que, na relação de preços com a gasolina, o preço do etanol for inferior a 70% em relação ao preço da gasolina, e vantajoso abastecer com gasolina quando esta relação se inverte.
Também, de acordo como vereador o etanol tem uma variação de preço significativa nos diferentes períodos do ano, influenciado pela sazonalidade da produção do etanol a partir da cana-de-açúcar, o consumidor, com frequência, fica em dúvida sobre qual combustível é mais vantajoso utilizar.
Assim, como afirma o vereador, a afixação de placa com a informação do percentual da diferença entre os preços da gasolina e do etanol, beneficiará o consumidor, facilitando-lhe a tomada de decisão sobre qual combustível utilizar, naquela data, em seu veículo.