Observatório

Por Osmar Gabriel -

Passados alguns meses da gestão do prefeito Pedro Callado, já podemos sentir bons fluídos de uma administração responsável e segura. Mas há muito a ser feito, o nosso gestor recebeu uma herança que deverasmente eu particularmente não queria ter recebido. Os esforços da nova administração onde todos estão empenhados em reorganizar a “casa” já é algo que sentimos e nos deixa cada vez mais esperançosos de um futuro bem promissor. 
Em todos os meus artigos aqui publicados sempre elenquei a criação de um Conselho Gestor para ajudar na administração que teria que ter como membros pessoas influentes nos meios sociais e políticos da cidade. E parece que em outros moldes, porque penso eu que não precisava criar vários Grupos de apoio, ou seja,Câmaras Setoriais e com tantos membros assim, mas como disse anteriormente é um bom começo.
Corre-se o risco nessas Câmaras Setoriais formadas pelo gestor de seus membros, com o passar do tempo, na sua individualidade, crescerem os olhos e se acharem melhor que os outros, e jogar fora o verdadeiro objetivo desses Grupos formados.
Mas, daremos tempo ao tempo. E lendo dias atrás na coluna “Fique Sabendo” deste jornal, a mesma estampa uma matéria sobre um encontro do atual gestor, Dr. Pedro, com o sempre candidatável Flavio Prandi.  A principio comecei a ler o artigo, fui entendendo e cheguei a conclusão que corremos um sério risco no futuro político de nossa cidade. Como diz o ditado: “já vi esse filme”.
Seria a hora de unir forças. Aqui temos pessoas competentes e que têm uma força muito grande na politica e influentes junto aos órgãos estadual e federal e isso, se somados, com certeza teríamos a confiança de que num futuro bem próximo colocaríamos nossa querida Jales num patamar onde sempre ele deveria estar, e nunca ter saído,  uma cidade pujante e de progresso.
Nós, jalesenses,  merecemos ter essa esperança de um futuro melhor, mas se prevalecer a divisão corremos o risco de não sairmos do lugar em que estamos.
 
*Osmar Gabriel 
(RG 8.320.382) 
 
Desenvolvido por Enzo Nagata