jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Políticos

Políticos “caras de paus”
19 de agosto de 2014

Estamos às portas do horário politico gratuito que será veiculado nos meios de comunicação desse nosso Brasil, a partir de terça-feira, 19 de agosto. Todos devem estar preparados porque o “conto de fadas” continua a existir em nossa política nacional. Com certeza ouviremos discursos belíssimos através dos homens que, na realidade, estão voltados somente para seus próprios interesses e as mordomias que o poder os oferece, e tomando o povo como se fosse marionetes, discursando as mesmas ladainhas de sempre que estamos cansados de ouvir: “vou lutar por salários dignos aos trabalhadores, mais escolas de qualidade, mais saúde, mais transportes e mais segurança para todos os cidadãos”.  
Esse jogo de palavras é o famoso “lengalenga”, pois, em sua maioria muitos desses falsos pregadores já estão no poder.
Com esse maldito discurso, inconsequentemente o povo que é a maioria absoluta e carente, se deixa levar pela beleza dessas  palavras e torna a eleger as mesmas raposas que, após eleitos, usufruirão das mordomias deitados em travesseiros de plumas, carrões importados, assessores, moradia em condomínios nobres, viagens gratuitas, e enquanto o povão, trabalhadores natos e que constroem o progresso, continuam a permanecerem vivendo somente de sonhos e promessas, sem empregos, sem salários, sem transporte, moradia, saúde e segurança.
Precisamos começar seriamente a cobrar nossos direitos, lutando por eles. Vivemos em um país onde a má distribuição de renda não tem nenhuma semelhança com a verdadeira democracia, tão falada e ao mesmo tempo tão longe de nossa realidade.
A Constituição (Carta Magna) precisa ser respeitada, onde todos os cidadãos têm os mesmos direitos, inclusive ouvir mais a voz desse povo sofrido, e urgente fazer transformações necessárias deixando de lado os discursos utópicos, respeitando a vida da maioria que são obrigados a aceitarem as decisões que são tomadas pelos órgãos do Legislativo, tanto municipal, quanto estadual e da esfera federal, local onde geralmente tomam decisões contrárias à vontade do povo.
Estamos vivendo em cima de uma “bomba relógio” prestes a explodir e o caos invade nosso país de norte sul, pois que vemos é uma proliferação da nossa juventude no mundo das drogas, prostituição e violência nas periferias das cidades e ceifando a vida prematuramente de milhares de adolescentes e jovens na plenitude de suas vidas.
Somos reféns de um país que não tem uma distribuição de renda justa, a mesma se concentra num pequeno grupo de pessoas e a maioria do povo vivem na miséria total, muitos sem emprego, e os que já têm recebem um salário insuficiente para manter dignamente a vida da família, e assim vivemos num sistema social falido, com a globalização política, onde nos roubam os sonhos pela falsidade ideológica dos políticos “caras de paus”, que em sua maioria não tem palavras e sem moral para governar nossa nação.
Com esse modelo político a democracia não combina. A falta de políticas públicas de interesse social permanece e continuará manchando nossa história.  O Brasil tem solução, é só votarmos certo, analisar profundamente os candidatos que estão pleiteando um cargo político nas eleições que se aproxima.
Vamos tomar cuidado com as promessas, votando com consciência.
 
  Osmar Gabriel
Corretor de imóveis
RG -8.320.382