jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Policiais de Jales prendem cinco ladrões de propriedades rurais que agiam na região

por Luiz Ramires
23 de junho de 2019
Um caminhão com três tratores roubados foi apreendido na base da Polícia Rodoviária em Votuporanga
Cinco assaltantes foram presos de três conseguiram fugir durante uma operação comandada por policiais civis de Jales, na região de Votuporanga, depois de uma investigação de vários meses que resultou uma ação envolvendo 12 policiais de Jales, com apoio de policiais civis e militares daquela região. A operação começou na tarde de domingo e terminou segunda-feira à noite. 
Os policiais de Jales tinham a informação de que vinha acontecendo uma série de roubos em propriedades rurais. O objetivo dos marginais era roubar defensivos agrícolas. Enquanto recebiam informações sobre um assalto, os policiais encontraram um caminhão transportando três tratores vindos de Palestina que foi abordado no posto da Polícia Rodoviária de Votuporanga.

TRATORES
Como não tinham nota fiscal e nem souberam dar informações sobre os tratores, o motorista e o ajudante acabaram confessando o roubo e levando a polícia até uma propriedade rural em Palestina onde outro marginal da quadrilha mantinha sete pessoas de uma família como refém, enquanto outros dois tentavam roubar defensivos agrícolas. Eles acabaram fugindo, com um abandonando um carro roubado da própria família da fazenda, enquanto outros dois fugiram em uma pick-up também roubada da família que acabou capotando.
Ao mesmo tempo outro grupo de policiais se dirigiu a outra casa, em Américo de Campos, onde mais três integrantes do grupo que estavam reunidos para planejar o roubo acabaram presos. 
No final, cinco do grupo foram presos e três conseguiram fugir, sendo que na pick-up foi encontrado um revólver calibre 38 de oito tiros, que segundo o delegado é uma arma rara. A família informou que os três que estiveram na fazenda estavam armados.
Além dos três tratores, avaliados em R$400 mil, os ladrões estavam levando mais de R$ 400 mil em defensivos agrícolas daquela mesma propriedade.
Dos cinco presos, dois são de Américo de Campos e estavam entre os que planejavam o roubo. Ou outros três são de São José do Rio Preto, Três Lagoas (MT) e Campo Belo (PR).