jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Parabéns, Lula

por Fábio Fiorani
08 de abril de 2019
Fábio Fiorani
Hoje é dia de comer bolo e cantar “Parabéns prá você”. Hoje o Brasil comemora o primeiro ano na cadeia daquele ex-presidente. Vou fazer um churrasco de picanha. Tive que comprar a picanha por que o megacomerciante e pecuarista Osvaldo Costa ficou de mandar uma quando o homem foi preso e até agora nada. Háháhá. 
Depois daquele trágico ataque a uma escola em Susano, alguns vereadores da nossa cidade (Macetão, Tupete e Tiago Abra) apresentaram requerimento questionando a prefeitura sobre ações para segurança escolar. Isso é realmente importante. Aqui no CCAA, desde a abertura da escola, trabalhamos com portão eletrônico. Criança não sai nem na calçada da escola sozinha. E não entregamos crianças para nenhum parente sem autorização prévia dos pais. Com todas essas precauções a gente sabe que pode acontecer alguma coisa, imaginem sem controle nenhum. 
O Ministro Sergio Moro abriu uma conta no Twitter. E em um dia já tinha quase 400 mil seguidores. É isso mesmo, quase meio milhão de seguidores em 24 horas. Nem uma foto da Dilma pelada beijando o Lula na boca teria tantos acessos. Háháhá. 
Proverbio chinês: “Coma a metade, ande o dobro e ria o triplo”. 
Proverbio brasileiro: “Já que o amor é cego, o importante é apalpar”.
Aliás, há algumas semanas voltei a caminhar. Por precaução. Evitar que um dia tenha que parar de beber cerveja. Háháhá. E já havia me esquecido de uma das coisas mais legais da caminhada. Encontrar outras pessoas caminhando. Especialmente quando estão em duplas. Geralmente as pessoas caminham juntos e conversam o tempo todo. Quando chegam perto da gente, cerca de quatro ou cinco metros, a conversa para repentinamente. As vezes no meio da frase. E quando cruzam com a gente, ainda na linha do ombro, a conversa recomeça. No mesmo lugar, no mesmo ritmo, na mesma entonação. É incrível. Háháhá. 
Essa foi destaque no G1.com. Um policial sueco curtia sua folga numa sauna, peladão, quando reconheceu um fugitivo da polícia da Suécia e deu voz de prisão a ele. E parece, (isso eu fiquei sabendo pelo meu amigo andarilho bebum) que depois de ser levado preso, o marginal acionou seus advogados porque teria sido ameaçado pelo policial que estaria portando uma escopeta calibre 12. O policial nega e garante que portava apenas um revolver 38. O que teria levado o marginal a se enganar desse jeito? Háháhá. Credo!!
E por que a aranha é um animal carente? Porque é um aracNeedYou. Não entendeu? Então você precisa estudar inglês. Me ligue que tenho uma dica de uma excelente escola. Háháhá. 
Terminar a crônica com piada chata e ainda por cima fazendo propaganda de graça não tem preço. Háháhá.
Por hoje é só. Tchau! 

Fábio Fiorani 
(é coordenador pedagógico do CCAA de Jales)