jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

PADRINHO – A inclusão do município de Jales como um dos cinco do Estado a ser contemplado com uma unidade do Poupatempo 4.0 é a prova perfeita e acabada de que quem tem padrinho não morre pagão.

Fique Sabendo
15 de julho de 2019
Afilhado Flá feliz da vida com Poupatempo liberado pelo padrinho Rodrigo Garcia
PADRINHO – A inclusão do município de Jales como um dos cinco do Estado a ser contemplado com uma unidade do Poupatempo 4.0 é a prova perfeita e acabada de que quem tem padrinho não morre pagão. Bastou o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) assumir a titularidade do Palácio dos Bandeirantes por 10 dias, período em que o governador João Dória (PSDB) viajou para o exterior, para que o prefeito Flávio Prandi Franco (DEM), afilhado político do interino, batesse um pênalti sem goleiro. Fazia muito tempo que Jales não tinha protagonismo em termos de conquistas diferenciadas em nível de governo estadual. Nos últimos anos, os prefeitos tiveram que se contentar com emendas parlamentares apresentadas por deputados.  

 PEDRA CANTADA – A instalação da versão turbinada do Poupatempo foi antecipada por esta coluna na edição de domingo passado, dia 7, mas a rapidez com que o fato se concretizou chegou a surpreender. Além do prefeito Flá, haverá dividendos políticos para a deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) e, claro, para Rodrigo Garcia. A deputada foi a autora de emenda parlamentar que viabilizou a instalação do Ganha Tempo, embrião do Poupatempo, no Centro de Economia Solidária. 

PLACAR – Assessores muito próximos ao prefeito garantem que os sorrisos dele nos últimos dias não são decorrentes só da conquista do Poupatempo. Consta que os números de uma pesquisa independente inflou o astral de Flá, o que o levou a voltar a fazer o que sempre fez: ir de encontro ao chamado povão. 

PINTADOS PARA A GUERRA – O deputado estadual Carlão Pignatari, líder do governo Dória na Assembleia Legislativa, juntou-se à tropa de choque do PSDB paulista que pede ao Diretório Nacional a expulsão do deputado federal mineiro Aécio Neves, processado por corrupção. Na edição de quinta-feira, 11 de julho, o parlamentar ganhou generoso espaço na coluna Painel, a mais lida da Folha de S. Paulo. No pé da coluna, na seção “Tiroteio”, Carlão disparou mais um tiro no peito de Aécio. A frase do deputado da região foi demolidora: “todos que tiverem problema por suposta corrupção têm que pedir para sair. O PSDB não é mais o mesmo”.

AZUL DA COR DO MAR – O estacionamento rotativo, que tanta celeuma provocou em Jales no início da implantação da Área Azul, já caiu no gosto dos motoristas. Agora, quase ninguém reclama mais da empresa JalesPark nem da Prefeitura. A propósito, os preços cobrados em Jales são inferiores aos de São José do Rio Preto, que implantou, através da Emurb (empresa municipal) esquema semelhante nas ruas centrais desde o dia 1º de julho. Lá, os usuários estão pagando R$ 2,00 por uma hora. Aqui, pelo mesmo tempo, custa R$ 1,50. 

AJUSTE- A propósito, muitos leitores e internautas pedem, através do J.J., que a JalesPark, responsável pela Área Azul, crie mais uma opção para os usuários — estacionamento por meia hora. Em Fernandópolis, os motoristas pagam R$ 1,00 pelos 30 minutos.  

ESQUENTA – Jocélia Cabrini estreou como vereadora na sessão ordinária da Câmara Municipal realizada quarta-feira, dia 10. Servidora da Coordenadoria de Defesa Agropecuária e cerimonialista de eventos, ela ficou na segunda suplência na eleição municipal de 2016. Para testemunhar sua primeira performance, ela levou familiares e até fez fotos com o pessoal da imprensa presente. Jocélia é candidata à vereança na eleição do ano que vem. 

ESQUENTA (2) – Também não será surpresa para esta coluna se o nome da ex-vereadora Pérola Cardoso estiver novamente na urna eletrônica. Segunda mais votada em 2008 e 2012 e presidente da Câmara em 2013, ela não disputou o terceiro mandato em 2016. Mas, estimulada por simpatizantes, Pérola tem emitido sinais de que pode voltar.  

DIREITOS AUTORAIS – Em tom de desabafo, o polêmico blogueiro Betto Mariano, titular do site A Voz das Cidades, registrou em post desta semana seu reconhecimento ao Jornal de Jales e ao Blog do Cardosinho, que sempre lhe dão crédito quando usam fotos, vídeos e até textos de sua autoria. Segundo ele, nem todos os colegas procedem desta maneira atribuindo o material a outras publicações, inclusive de fora da cidade. 

TRANSIÇÃO - A educadora Maria Aparecida Caselli Iglésias Freitas deixou a presidência da AVCC, entregando o comando da associação à dinâmica Rosely Pupim.  Um dos símbolos do trabalho voluntário em Jales, Cidinha está engajada no movimento desde os seus primórdios, tendo integrado o triunvirato fundador, há 14 anos, ao lado de Ana Maria Saura Rodrigues e da saudosa Gema Prandi Rosa. O trabalho de Cidinha já lhe valeu, além de honrarias em nível local, reconhecimento nacional no   livro “Acima de tudo o amor”, de Henrique Prata, diretor executivo da Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Amor.