jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Observatório por Fábio Fiorani em 01 de novembro

Bruce na Prefeitura
02 de novembro de 2015
E no próximo dia 5 de novembro Jales viverá um dia histórico. Assumirão a Prefeitura Municipal o presidente da Câmara Tiquinho e seu fiel escudeiro Bruce (foto). Parece que já mandaram instalar no gabinete do prefeito uma casinha para o afamado cachorrinho. É justo, afinal, o Tiquinho deve boa parte dos votos que o elegeram à simpatia do Bruce. Háháhá. E quando o Tiquinho viajar para Brasília em busca de verbas para a nossa cidade, o Bruce vai se sentir em casa. Aquela é uma cidade propícia para cachorradas. Háháhá. Imaginem o Bruce no gabinete do prefeito! Chega um pobre para reclamar do atendimento na UPA e o Tiquinho: “Pega Bruce!” Háháhá. Entra no gabinete alguém do Sindicato dos Servidores Municipais e o Tiquinho: “Pega Bruce, na garganta”. Háháhá. 
E o nosso eterno líder Lula fez 70 anos semana passada. E a festa deve ter sido de arromba. Segundo as más línguas, as despesas com as comemorações teriam chegado a 60 mil reais. Só que parece que superfaturaram as bebidas e os petiscos e a nota teria sido de 73 mil reais. A diferença a Odebrecht poderia cobrir fazendo uma doação de campanha. Tudo legalizado, claro. Háháhá. Parece que a carne foi doada pelo JBS. Vixi! Essa ultima frase é piada pronta. Háháhá. E quando me lembro da idade do Sarney, que deve ter passado dos 120 anos, vejo que ainda conviveremos muito com esse menino sapeca. Socorro! E parece que a festa foi um fracasso de público, afinal, quase todos os amigos dele estão presos em Curitiba. Háháhá.
Por falar em Curitiba, semana passada a Polícia Federal fez buscas no escritório do filho caçula do nosso amado mestre Lula. Além de ser perseguido pela “elite”, pela “mídia” e por “eles”, agora ainda tem esse tal de PF. Háháhá. A família está em estado de alerta. Logo chegam ao pilantra-mor. Faz tempo que digo isso aqui. A água já passou do joelho. Háháhá.  Parece que esse tipo de populismo fiscal que quebrou o país chegou ao fim.  
E amanhã é dia de comer melancia. E tem que torcer para chover, senão come melancia com pó de defunto. Credo! Mais um Dia de Finados para comemorar. Comemorar o fato de não ser homenageado. Háháhá. Eu prefiro fazer churrasco que ir ao cemitério. E tem gente que adora. Passa o dia todo lá. Procurando recém-chegados. E frase mais ouvida: “Era uma pessoa boa”. Háháhá. E o movimento será dobrado, afinal, agora temos dois cemitérios. Um aqui na cidade, tipo condomínio fechado. Esse cemitério do Jardim São Jorge é só para ricos. Dia desses tinha um jazigo sendo vendido por um preço ótimo R$3.000,00. Topa essa? Háháhá. 
E como dizia minha avó: “Mais vale um rico com saúde que um pobre doente”.
Não é fácil! Por hoje é só! Tchau!
 
Fábio César Fiorani
Professor de Inglês, graduado pela FAI-Jales e pós-graduado em Língua Inglesa pela UNESP de São José do Rio Preto - Franqueado CCAA em Jales. jales@ccaa.com.br