jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Observatório por Fábio Fiorani - 6 de setembro

Ex-mulher já não é mais para sempre
07 de setembro de 2015
Essa foi destaque na Folha de São Paulo e vai deixar muita gente sem dormir. Háháhá. Diz o velho ditado que ex-mulher é para sempre. Não é mais o que pensam os juízes do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Segundo aquela corte, a partilha do patrimônio, por exemplo, não é mais automática. Cada convivente tem que provar que contribuiu com dinheiro ou com esforço para a aquisição dos bens. Como “esforço” os juízes não estão considerando a manhã toda na academia, tá? Háháhá. Pensão alimentícia para ex agora é medida excepcional. Vixi! Eu não teria como escapar dessa. A Tati trabalha mais que eu. Háháhá. 
E a JBS Friboi teria repassado a campanhas eleitorais nas últimas quatro eleições cerca de 450 milhões de reais. A maior parte da bolada ao PMDB e PT, detentores do poder nos últimos treze anos. Será que algum débil mental pode achar que fazem isso por ideologia ou por acreditar num Brasil melhor com essa gente? O grupo trabalha no superlativo. Só o BNDES teria aprovado R$ 6 bilhões em ações e R$ 2,4 bilhões em empréstimos ao grupo na última década. Pois é! Háháhá. Se alguém não entendeu eu posso desenhar. 
E na semana passada o boneco inflável do nosso eterno líder Lula, caracterizado de ladrão, esteve em Curitiba. A jornada continua. Vai rodar o Brasil. E por onde passa tem um monte de petista tentando furá-lo. Háháhá. 
Começou a ficar sem graça. Toda semana é a mesma coisa. O Corinthians joga e a arbitragem ajuda. Contra o Fluminense  na semana passada foi constrangedor. O jogador do Flu estava uns três metros atrás da linha da bola e foi marcado impedimento e o gol do time carioca anulado. Os árbitros estão acabando com uma das principais diversões dos brasileiros que é discutir assuntos do futebol. Ninguém discute mais. Todo mundo já sabe o que vai acontecer. Corinthians campeão. 
Semana passada aniversariou meu amigo Milton Birolli González. O Dr. Milton completou inacreditáveis 78 anos. O homem está “uma aroeira”, como diz o ditado. Pelo jeito está sendo bem cuidado pela esposa Arlete. Háháhá. Mais saudável que nos tempos que em foi quarto-zagueiro do Juvenil do Guarani de Campinas e fazia faculdade de Direito com o ex-governador Orestes Quércia.Háháhá.Aliás, esse merece ser bem cuidado e homenageado. Será que algum vereador entendeu? O Dr. Milton foi Delegado do nosso município, Delegado do município de Votuporanga, Delegado Seccional em Jales, Delegado Regional em Rio Preto, diretor do Departamento de Polícia Científica de São Paulo e aposentou-se como Delegado Classe Especial. O topo dessa carreira. Uma referência para todos que trilham essa profissão tão nobre. Nesses tempos em que qualquer pilantra filho de político fica milionário em uma década, chama atenção sua vida confortável, mas sem luxo.E o acumulo de bens do Dr. Milton; boa residência, um rancho e bons automóveis são absolutamente compatíveis com seus rendimentos ao longo da carreira. Esse homem é um orgulho para todos nós,  jalesenses. Além do lado profissional brilhante, chama atenção o caráter, bom humor e a dignidade desse homem admirável. Parabéns, Mirtão. 
 
    Fábio César Fiorani
Professor de Inglês, graduado pela FAI-Jales e pós-graduado em Língua Inglesa pela UNESP de São José do Rio Preto - Franqueado CCAA em Jales. jales@ccaa.com.br