jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

O ESCÂNDALO NA PREFEITURA

Prefeito diz que se tiver mais envolvidos serão punidos
01 de agosto de 2018
Prefeito Flá: “Vamos apurar tudo e aprimorar as formas de fiscalização”

por Luiz Ramires


Como aperfeiçoar os mecanismos de fiscalização para que fatos como este não voltem a acontecer. Este parece ser o maior desafio para o prefeito Flávio Prandi Franco (DEM), manifestado em entrevista coletiva hoje pela manhã para falar sobre o desvio de recursos que teriam sido praticados pela diretora financeira da prefeitura, Érica Cristina Carpi Oliveira, presa ontem pela Polícia Federal.

Como o procurador jurídico do município, Pedro Callado já havia comentado, o prefeito destacou que o rigor no acompanhamento das contas públicas é rigoroso, feito internamente, inclusive com conselhos municipais e pelo Tribunal de Contas do Estado.

O prefeito afirmou estar muito abalado e não soube explicar como tudo isso aconteceu ao longo de mais de dez anos, mas disse que, se mesmo com todo esse rigor na fiscalização, coisas como essa acontecem, é preciso aperfeiçoar esse sistema.

Outra preocupação do prefeito é procurar recuperar o máximo do que foi desviado dos cofres públicos e que segundo a Polícia Federal estão sendo calculados entre R$ 5 milhões e R$ 10 milhões, para que o prejuízo para a população seja o menor possível.

Na entrevista, o prefeito disse ainda que vai aguardar o desenrolar das investigações para devolver o cardo à secretária de Saúde, Maria Aparecida Martins que teve sua prisão temporária revogada a pedido do delegado Cristiano de Pádua que não viu nela indícios de envolvimento no caso e conforme afirmou em entrevista coletiva ontem, logo depois da deflagração da Operação Farra do Tesouro, ela também se comprometeu em colaborar com as investigações.

O prefeito disse ainda que a Polícia Federal continua ouvindo os servidores municipais cujos cargos tinham relações com a servidora presa para saber se existe mais alguém envolvido e se isso acontecer, os mesmos deverão ser penalizados.