Contexto

O DIA 11 de fevereiro é o Dia Internacional da Internet Segura, uma data não para ser comemorada, mas para servir de alerta a todos os que se preocupam com os golpes virtuais ...

O DIA 
11 de fevereiro é o Dia Internacional da Internet Segura, uma data não para ser comemorada, mas para servir de alerta a todos os que se preocupam com os golpes virtuais e como um momento para se refletir não apenas contra esse tipo de abuso, mas para se pensar nas mais diversas formas de golpes que crescem a cada dia.   

PARA
se ter uma ideia, no dia anterior ao mencionado acima, ou seja, na segunda-feira, 10 de fevereiro, nada menos do que cinco golpes pelo WatsApp foram registrados na Central de Polícia  de Jales, o que já se tornou uma rotina, apesar as advertências quase que diárias dos policiais.

TALVEZ 
nem tenha sido um recorde de registros de ocorrências dessa natureza em um só dia, pois todos os dias os noticiários policiais trazem essas informações muitas vezes com detalhes de como os golpes aconteceram, como forma de prevenir a população.

OUTROS
golpes de vários tipos também acontecem diariamente, mas a grande maioria ocorre mesmo pela internet, muitos contra aposentados ou atingindo até pessoas bem informadas e preocupadas com seu dinheiro, como por exemplo, na compra de veículos, quando o comprador acha que está levando vantagem pelo preço ou condições de pagamento e depois acaba descobrindo que entrou numa fria. 

MUITAS 
queixas na polícia e nas redes sociais também estão relacionadas a golpes em caixas bancárias ou em furtos e roubos quando a vítima retira dinheiro do banco e os marginais estão à espreita.

ISSO 
sem contar as situações como o velho conto do bilhete ou onde as pessoas acabam caindo nas conversas de quem se diz amigo ou de estranhos que afirmam querer ajudar ou mesmo em alguma atitude como na simulação de que perdeu a carteira para a pessoa que encontrar ser “recompensada”. É preciso ficar atento e evitar cair na conversa logo de início, para não se sentir constrangido ou pressionado, tornando a situação mais difícil.   

QUANTO
aos golpes virtuais nada melhor do que seguir as recomendações do delegado Higor Jorge, autoridade no assunto, com seus livros e artigos sobre o tema, dando todas as recomendações para se evitar ter dados clonados e coisas desse tipo. (Luiz Ramires)

Desenvolvido por Enzo Nagata