Contexto

O DESTAQUE de Jales na educação,inclusive com a melhor escola do Estado tem dado resultados que colocam o município em evidência também em nível nacional, chamando a atenção ...

O DESTAQUE
de Jales na educação,inclusive com a melhor escola do Estado tem dado resultados que colocam o município em evidência também em nível nacional, chamando a atenção para iniciativas que possam inspirar outras escolas como normalmente acontece nessas situações. 

ESTE
deve ter sido o motivo para incluir duas escolas municipais no projeto nacional “Educação que faz a diferença”, idealizado pelo Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB), em articulação institucional com os Tribunais de Contas e em parceria com a empresa Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (IEDE). Ver matéria na página 12.

ACONTECE
que as escolas Professora Eljácia Moreira e Jacira de Carvalho, as duas escolhidas pelo projeto não foram selecionadas por serem as melhores do município, nem as piores.

NA AVALIAÇÃO
das diretoras das escolas Professora Eljácia Moreia, Vilma Azevedo Agostinho, e Jacira de Carvalho Silva, Mara Regina Batista, o que deve ter pesado é exatamente o fato das duas escolas estarem em constante crescimento, pois o objetivo do projeto é realizar um trabalho de campo para coletar dados onde a educação faz a diferença. 

SÃO
vários fatores que fazem com que isso aconteça, como o desenvolvimento de bons projetos, além do acompanhamento dos pais, inclusive com encontros permanentes para a discussão das questões que envolvem cada aluno e a própria escola.

EVIDENTEMENTE
pesa nesse processo de crescimento o trabalho desenvolvido pelos professores, tanto no planejamento quanto no seu dia a dia, inclusive com a recuperação contínua, não só durante as aulas mas também em horários diferentes, no contra-turno. 

QUANDO
existe disposição, tudo contribui para os melhores resultados e saber que as escolas de Jales continuam crescendo no seu desempenho é um bom sinal para quem pensa que escolas públicas não têm o mesmo valor das particulares. Depende do trabalho desenvolvido e da motivação de cada um. E nesse sentido, as crianças agradecem. (Luiz Ramires) 

Desenvolvido por Enzo Nagata