jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Novos sanitários é mais uma etapa da reestruturação do Comboio, afirma prefeito

por Luiz Ramires
16 de setembro de 2018
Os novos sanitários do Comboio, construídos com material de primeira linha, era uma reivindicação antiga dos feirantes e consumidores
A inauguração dos sanitários do Comboio, no dia 12 de setembro, quarta-feira foi mais uma etapa importante de todo o processo de recuperação daquele espaço para que os consumidores de Jales, visitantes e feirantes tenham realmente um local adequado e atraente para fazer suas compras e desfrutar de momentos com os amigos, todas as quartas-feiras à tarde e à noite e aos sábados pela manhã.
Em entrevista ao Jornal de Jales, o prefeito Flávio Prandi Franco fez essa afirmação, destacando que a primeira reforma foi a do salão para abrigar a feira de produtos orgânicos, nos mesmos dias e horários, sendo que a próxima etapa deverá ser a mudança do espaço destinado à venda de carnes e peixes para um local a ser construído naquele mesmo terreno, com todo estrutura necessária para esse tipo de comércio.
O vice-prefeito José Devanir Rodrigues, o Garça, disse que uma obra como essa era uma necessidade para todos os que frequentam e trabalham no Comboio. “Quem passar por aqui vai dar o valor que essa obra merece”, afirmou.
Em nome da Câmara, o vereador João Zanetone destacou que esse é um trabalho que precisa ser reconhecido como uma obra importante como tantas outras que a cidade necessita e a Prefeitura vai realizando na medida do possível.

PRIORIDADES
O presidente da Associação dos Feirantes do Comboio, José Carlos Albaneze, disse bastante emocionado, que um sanitário daquele foi um grande presente para os feirantes e consumidores que há mais de 30 anos estavam utilizando um sanitário extremamente precário. 
Albaneze também espera que outras reformas possam ser realizadas na feira e concorda com o prefeito que um novo salão para venda de carnes e peixes seria muito importante para melhorar ainda mais o atendimento aos consumidores e aos próprios comerciantes que trabalham nesse local.

CONSENSO
Na verdade, essas necessidades parecem ser quase unanimidade entre os feirantes ouvidos pelo Jornal de Jales, na noite da inauguração dos sanitários. É o caso, por exemplo, de Edson Fipe Martins, o Edinho que lembra os problemas enfrentados nos sanitários muito antigos, com encanamentos finos que estavam sempre entupindo e quase sem condições de uso. 
Essa era uma reforma que como afirmou precisava ser feita há muito tempo. O ideal segundo ele, seria uma reforma geral no Comboio, mas essa é uma questão que ainda está sendo estudada pela associação, junto com a Prefeitura.
O feirante Romildo Perezi também destacou a importância dos sanitários para a população e principalmente para os próprios feirantes que chegam de madrugada para montar suas bancas e precisam de um local adequado para se preparar para o trabalho.
Romildo afirma que, sem dúvida, na medida em que o Comboio vai ganhando melhorias como os sanitários, todos acabam ganhando, pois com certeza essas reformas motivam mais consumidores a frequentar a feira, com seus familiares.
Vários consumidores que estavam presentes no momento da inauguração também elogiaram os novos sanitários que como afirmaram, resolve um problema sério que existia no local.