Geral

Novo prefeito promete ouvir o povo para melhorar serviços

Exatamente uma semana após ser empossado, o novo prefeito Luís Henrique Moreira (PSDB) concedeu entrevista por WhatsApp, ao longo da qual reafirmou algumas promessas de campanha entre as quais promover um governo participativo e ouvindo o povo para melhorar a qualidade dos serviços. Ele elegeu a área da Saúde, especialmente o combate à Covid-19, como a grande prioridade nestes primeiros dias de governo. Eis a íntegra da entrevista. (DRJ) 

J.J. - O senhor mostrou otimismo no discurso de posse. Este estado de espírito permanece após uma semana como prefeito?

Luís Henrique – Sim, eu e minha vice Marynilda estamos bastante otimistas. Sabemos que temos muito trabalho e desafios pela frente, mas o otimismo e a esperança sempre fizeram e farão parte de minha vida.

J.J. - Como transcorreram estes primeiros dias como Chefe do Executivo? 

Luís Henrique – Foram dias de muito trabalho. Antes do início do expediente na segunda-feira, reunimos os secretários e discutimos e traçamos importantes ações e metas que vamos desempenhar nos próximos dias.

J.J. - Quais foram suas primeiras recomendações para o secretariado? 

Luís Henrique – Muita união, determinação e liderança para solucionar os problemas de nossa cidade, além de reforçar a nossa proposta de realizar um governo participativo, ouvindo a população, melhorando os serviços públicos, assistindo aos necessitados, promovendo o desenvolvimento social, profissional e o bem-estar de todos. Como disse em meu discurso de posse, vamos trabalhar, estudar, planejar, servir, executar, reconstruir e construir a Jales que todos queremos.

J.J. - O senhor já definiu as prioridades para os primeiros 100 dias de governo? Quais? 

Luís Henrique – Certamente vamos priorizar todos os setores, mas principalmente a Saúde da população. Vivemos uma pandemia e precisamos conter a expansão da Covid-19. Já colocamos em prática ações de limpeza urbana, manutenção de galerias, entre outras. Eu e a Marynilda também nos reunimos com as equipes da Saúde e Educação e com o Poder Legislativo para definirmos algumas prioridades.

J.J. - Pelo que o senhor sentiu, a rede municipal de saúde tem condições de enfrentar esta pandemia do coronavírus? 

Luís Henrique – Com toda certeza. A equipe da Secretaria de Saúde tem realizado um importante e eficiente trabalho e vamos continuar concentrando todos os esforços para conter a disseminação do vírus em Jales. Nomeamos o médico Dr. Alexis Shiguero Kitayama como secretário de Saúde, um profissional competente, que ao lado de sua equipe, estará na linha de frente do combate à Covid-19.

J.J. - Qual sua orientação para a área da educação: aulas presenciais ou manter as aulas on-line? 

Luís Henrique - A Secretaria de Educação está efetuando uma pesquisa junto aos pais e responsáveis por nossos alunos com objetivo de saber a opinião de cada um. Vamos analisar o resultado, ouvir os representantes da saúde e também precisamos analisar a posição do governo do Estado para tomarmos a nossa decisão.

J.J. - Durante a campanha o senhor falou em implementar a reforma administrativa. É este o objetivo do Projeto de Lei Complementar enviado à Câmara Municipal com menos de uma semana de governo? 

Luís Henrique – O objetivo é gerar economia para o município, adotando critérios de eficiência, racionalidade e agilidade na prestação dos serviços públicos, garantindo à população serviços de qualidade, sempre ao menor custo.

J.J. - Qual é a linha mestra da reforma administrativa contida no projeto? 

Luís Henrique – Economia, organização administrativa e eficiência dos serviços prestados à população.

J.J. - O senhor pretende designar algum assessor para dialogar com os vereadores ou o relacionamento será direto entre Prefeitura e Câmara? 

Luís Henrique – Nosso relacionamento será direto, inclusive, no primeiro dia de trabalho, minha vice Marynilda e eu nos reunimos para dialogar com os representantes do Poder Legislativo sobre os projetos do executivo.

J.J. - Houve algum contato com os deputados mais votados na região para a apresentação de emendas parlamentares? 

Luís Henrique – Sim, tanto nas esferas estadual e federal. Estamos confiantes que, em breve, Jales receberá diversos recursos que contribuirão para o desenvolvimento da nossa cidade.


Desenvolvido por Enzo Nagata