jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Novo estacionamento no centro será totalmente digital

por Luiz Ramires
09 de setembro de 2018
Representantes da Prefeitura e da ASG Engenharia participaram da apresentação da nova zona azul
O novo sistema de estacionamento rotativo para 1.200 vagas, no centro da cidade foi apresentado no dia 3 de setembro, segunda-feira, pela empresa ASG Engenharia Ltda., tendo como objetivo oferecer maior rotatividade para os veículos, sem privilégios para alguns usuários, como existiam anteriormente, como informou o secretário municipal de Planejamento, Nilton Suetugo. O valor da tarifa será de R$ 1,50 para uma hora, R$ 2,25 para uma hora e meia e R$ 3,00 para duas horas. O contrato tem validade por 10 anos. 
O secretário explicou que a maior preocupação é melhorar o sistema para que todos tenham as mesmas condições, sendo que também deverão ser disponibilizadas mais vagas para motos, gratuitamente, em determinados locais e horários, nas áreas destinadas ao serviço de carga e descarga, pois essa também é uma reivindicação antigas dos motociclistas.

TOTALMENTE DIGITAL
O engenheiro da empresa, Valério França, explicou que pelo sistema, totalmente digital, os usuários poderão fazer o pagamento de várias plataformas. A aquisição do tíquete também poderá ser feita diretamente com as monitoras, nos pontos de venda, com o cartão Smartcard e até mesmo pelo celular, utilizando o aplicativo Digipare. Os clientes cadastrados no aplicativo poderão também contar com ativação do tíquete via SMS Gratuito, ligação gratuita para URA (Unidade de Resposta Audível) “0800” e/ou através do Web Site www.digipare.com.br.
A empresa informa que o pagamento pode ser com dinheiro, cartões de débito ou crédito e com o cartão inteligente Smartcard da concessionária, que funciona como um cartão pré-pago. A recarga desse cartão poderá ser feita nos pontos de venda, com as monitoras ou na central de atendimento ao usuário. 

APLICATIVO
O engenheiro da empresa explicou ainda que o uso do aplicativo Digipare no celular traz várias vantagens para os usuários, entre elas a comodidade de fazer a validação de uso da vaga de onde estiver. O aplicativo possui um alarme que avisa ao usuário o término de período validado e a ampliação do período de permanência pode ser efetuado no aplicativo. 
A gerente de implantação Mônica Fogolin disse que o fato de ser digital não vai oferecer dificuldades, pois a empresa já começou um trabalho através das funcionárias que estão sendo contratadas, inclusive com a distribuição de panfletos explicativos. Será montada uma central de operações em Jales, onde o usuário poderá receber todas as informações de como usar o aplicativo, sendo que também deverão ser feitas campanhas em rádios e jornais, com esse objetivo.

TOLERÂNCIA
Os usuários terão uma tolerância de 15 minutos após estacionar o automóvel, para validar o uso da vaga. O veículo que estacionar sem validar a tarifa receberá um ACT (Aviso de Cobrança de Tarifa) e terá o prazo de 15 minutos a contar do horário da emissão do ACT para validar a tarifa. Não ocorrendo no prazo 15 minutos, ele ainda poderá regularizar no prazo de 48 horas contados a partir do horário de emissão do ACT para validar o tíquete com a tarifa pós-paga. Vencido o prazo, o sistema enviará automaticamente as imagens e informações para o poder concedente, onde a autoridade de trânsito convalidará as informações e será lavrado o AIT (Auto de Infração de Trânsito).

Zona Azul atende antiga reivindicação dos lojistas, afirma presidente da ACIJ

A implantação da nova zona azul com os recursos mais avançados que existem para esse tipo de prestação de serviço deverá contribuir muito para melhorar o estacionamento do centro da cidade, atendendo uma antiga reivindicação não só da população, mas dos próprios lojistas, pois o comércio também tem muito a ganhar com essa organização, como afirmou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales, Leandro Rocca Lima.

Leandro participou da apresentação do sistema de Zona Azul Digital, pela Jalespark Zona Azul, na manhã da última segunda-feira, no Grandes Lagos Park Hotel, quando destacou a importância de disciplinar o trânsito no centro da cidade, onde atualmente é quase impossível estacionar. A definição da empresa contratada foi uma decisão importante da Prefeitura, segundo Leandro porque deverá resolver o problema do estacionamento que já vem se arrastando há mais de um ano.

O presidente da ACIJ também considera importante que os motoristas tenham um período de orientação de como deverá funcionar a Área Azul para que possam se adequar, pois é um sistema novo que precisa ser muito bem explicado. Essa adaptação foi confirmada pela Jalespark durante uma reunião na associação e na apresentação realizada segunda-feira.

O compromisso da ACIJ, segundo Leandro, é participar intensamente desse período de adequação, junto com os comerciantes, para que todos possam entender, distribuindo panfletos e compartilhando vídeos e informações pelas redes sociais para que os motoristas não só de Jales, mas de toda a região sejam beneficiados.

Durante a apresentação da nova Zona Azul de Jales o secretário de Planejamento e Trânsito, Nilton Suetugo, destacou esse trabalho da ACIJ e explicou que tudo está sendo feito para que o sistema funcione de forma prática e eficiente para que seja implantado com facilidade de acesso, sem os erros como os que foram cometidos anteriormente, inclusive com privilégios para alguns motoristas que a partir de agora vão deixar de existir. (Luis Ramires)