jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

NICINHA SAURA, GANHADORA DE R$1 MILHÃO EM SORTEIO NA TEVÊ:

“A princípio, eu achei que era trote”
12 de janeiro de 2020
Nicinha, na tevê, fez apelo para que todos ajudem o Hospital de Amor. Ao lado dela, a colega de trabalho Norma Valéria, que preencheu a cartela sorteada
Uma jalesense foi a feliz ganhadora do maior prêmio do Saúde Cap, título de capitalização de pagamento único, da modalidade Filantropia Premiável, emitido pela Invest Capitalização. Em nossa região, a entidade beneficiada é a Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Amor, que tem unidade em Jales
Os sorteios são realizados todos os domingos com transmissão de duas redes, a Record TV e SBT. No sorteio do dia 22 de dezembro, cujo maior prêmio era de R$ 1 milhão, o Saúde Cap contemplou uma jalesense —Ednice Sueli Saura, a Nicinha, Oficial Maior do 2º Cartório de Notas, também conhecido como “Cartório do Garça”.   
Nicinha tem 35 anos de profissão, já está aposentada, mas continua trabalhando, como afirmou ao Jornal de Jales na última sexta-feira, dia 10 de janeiro. Eis a síntese da entrevista... (D.R.J.)

JJ – Como você soube que teria sido comtemplada com R$1milhão no Saúde Cap?
Nicinha – A primeira ligação que eu recebi dizendo que eu fui contemplada com o Saúde Cap foi de uma prima que estava assistindo o sorteio.

J.J – Qual foi a sua reação ao saber que tinha sido sorteada?
Nicinha – A princípio eu achei que era um trote, que estavam me pregando uma peça, mas depois que comecei a receber várias ligações de amigos e da família, inclusive da Saúde Cap que me segurou na linha para dar a surpresa a mim e eu fiquei sem reação. Fiquei perplexa, ainda sem acreditar no prêmio, meus familiares todos felizes e surpresos. Foi uma coisa inacreditável.

J.J – Você sempre comprou as cartelas? 
Nicinha – Sempre adquirimos as cartelas, desde quando se iniciou esse projeto em favor do Hospital de Amor, toda semana a gente adquire. Na realidade a gente nem confere, mas nós adquirimos. O Paulo Pimenta, que é o rapaz que sempre vai lá no Cartório nos vender as cartelas, é o “pé quente”. Na realidade quem compra a cartela do Saúde Cap toda semana sou eu e a Norma, e normalmente a gente tá sempre muito ocupada no Cartório e eu acabo escolhendo o número e colocando meu nome. E dessa vez eu estava muito ocupada, não deu para ir comprar e pedi para a Norma escolher o número. Ela escolheu o final do meu aniversário que é o 14. Então na realidade quem escolheu o número da sorte foi a Norma, e a gente acabou tendo uma grande sorte.

J.J – Onde você pretende investir o prêmio?
Nicinha – Eu ainda não sei o que vamos fazer com este dinheiro, a não ser que vamos fazer uma doação de 10% em favor as entidades de Jales, isto é um fato. Agora o restante ainda não sabemos aonde vamos aplicar e investir o dinheiro. Tem que ter muita calma e pensar bem a respeito disso.