jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Movimentação surpreende durante a inauguração da Feira do Produtor Rural

O lugar escolhido foi ao lado do terminal rodoviário, onde a população pode contar com a feira, todas as segundas-feiras, das 16h30 às 21h00.
15 de outubro de 2017
A montagem da feira agradou os consumidores que compareceram em grande número para a inauguração
O movimento de consumidores na inauguração da Feira do Produtor Rural, segunda-feira, dia 9 de outubro chegou a surpreender, mostrando que a mesma deverá se consolidar como um espaço importante para a comercialização dos produtos cultivados pelos próprios feirantes.
Foi o que afirmou o presidente do Sindicato Rural, José Candeo, ao destacar o trabalho desenvolvido pelo SENAR lembrando que a partir de agora esses pequenos produtores passam a contar com mais um local para vender seus produtos, contribuindo para a melhoria da renda familiar de cada um.
Candeo também afirmou que foi muito bom o lugar escolhido, ao lado do terminal rodoviário, em área central da cidade, onde a população pode contar com a feira, todas as segundas-feiras, das 16h30 às 21h00.
A parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente e o apoio da Câmara também foram muito importantes para que a feira pudesse ser instalada com todo conforto e higiene para esse tipo de atividade, como afirmou Candeo.

O PROGRAMA
A coordenadora do SENAR em Jales, Lidiane Serra Lopes explicou que a Feira do Produtor Rural é uma das etapas do curso que tem como objetivo capacitar o produtor para comercializar seus produtos diretamente ao consumidor, promovendo uma relação de confiança e respeito, criando mais uma opção de renda através da venda direta dos seus produtos cultivados em sua propriedade rural.
O programa contempla uma carga horária de 288 horas, distribuídas em 8 módulos, de abril a novembro de 2017. No módulo 7 (mês de outubro) é inaugurada a feira, cujo o objetivo é divulgar a mesma para a comunidade e meios de comunicação. 
Até o último módulo, o SENAR e o Sindicato Rural, junto com a instrutora do programa, Mariley de Castro Almeida da Silva, vão respaldar e acompanhar o desenvolvimento da feira, toda semana, fazendo avaliações no dia seguinte, com os produtores.
Lidiane destacou que o programa é totalmente gratuito, e os estandes de bambu são feitos pelos próprios participantes durante os módulos, com material enviado pelo SENAR que também envia os uniformes padronizados que fazem um diferencial na feira.
O programa foi muito bem recebido e deverá se repetir no ano que vem, provavelmente em algum outro município da área de atuação do sindicato, como afirmou o presidente José Candeo.