quarta 14 abril 2021
Geral

Motoristas ameaçam com lockdown nos transportes se não forem priorizados com vacinação

José Roberto Duarte da Silveira, presidente do Sindicato dos Motoristas de Jales e região: nossa categoria é considerada essencial e precisa ser vacinada

Um lockdown, com paralisação nos transportes em todo o Estado foi programado para o próximo dia 20, se até lá o governo do Estado não fixar uma data para que os motoristas sejam incluídos como prioridade na campanha de vacinação contra a Covid 19. A decisão foi tomada durante reunião da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo, junto com seus sindicatos filiados com o encaminhamento de solicitação nesse sentido ao governador João Doria.

Os motoristas afirmam que o lockdown conta com o amplo apoio e participação de todas as entidades e centrais sindicais do Estado de São Paulo para exigir providências das autoridades estaduais e municipais para definir prioridade e data para a imunização de todos os trabalhadores em transporte.

O presidente do Sindicato dos Motoristas de Jales e Região e diretor da federação, José Roberto da Silveira lembra que muitos profissionais estão morrendo no exercício da profissão, considerada como atividade essencial por transportar pessoas, mercadorias e equipamentos utilizados na área de saúde.

Entre as entidades que apoiam a mobilização estão a UGT (União Geral dos Trabalhadores), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Nova Central Sindical, CNTTT (Confederação Nacional dos Trabalhadores dos Transportes Terrestres), ITF- Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes e FESTT-CUT (Federação Estadual dos Trabalhadores em Transportes e Trânsito do Estado de São Paulo).

A carta enviada ao governador é assinada pelo presidente da Federação, Valdir de Souza Pestana, pelo presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística, Paulo João Estausia e pelo presidente do SINDMOTORISTAS e deputado federal José Valdevan de Jesus Santos (Noventa).

O presidente da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo, Valdir José Pestana comandou o encontro dos motoristas

Desenvolvido por Enzo Nagata