jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Morre Minerva Jalles, viúva de Euplhy, fundador da cidade de Jales

Por Roberto Gonçalves
12 de maio de 2019
A imensa região de São José do Rio Preto, onde se destaca a progressista cidade de Jales, amanheceu abalada pela morte de Minerva Izar Jalles, viúva do Engenheiro Euphly Jalles, fundador da cidade de Jales.
Com a partida de Minerva, encerra-se o ciclo histórico da fundação de Jales, guardando no portal da eternidade a imagem de um desbravador do sertão, falecido em 1965.
Com a morte de Euphly, Minerva assume o comando das empresas do marido, fixando residência em São José do Rio Preto e criando seus filhos pequenos, conciliando suas múltiplas atividades.
Embora sempre procurada para ingressar na vida política, Minerva optou pela vida empresarial, mantendo-se distante do alvoroço da disputa eleitoral e protegendo a biografia de seu marido. 
Fundada em 1941, Jales sempre foi alvo de polêmicas envolvendo seu fundador, vítima de radical oposição que prejudicou os grandes projetos do engenheiro politécnico da Universidade de São Paulo, que além de desbravador de sertões, foi herói da Revolução Constitucionalista de 1932, onde galgou o posto de oficial. 
A partir da fundação de Jales Euphly sofreu várias derrotas da oposição, sendo a passagem da linha férrea a principal das derrotas de Jales. 
Na biografia de Minerva Jalles deve-se destacar o cuidado e a elegância com a população mais simples, onde introjetou na sociedade valores superiores de amor ao próximo.  
Jales tem 78 anos e, polêmicas à parte, se aproxima de seu primeiro centenário, onde Minerva e Euphly Jalles estarão eternizados na primeira fila da história da cidade.