jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Matéria de revelação do J.J. repercute em rede estadual

Por D.R.J.
10 de novembro de 2019
Chamado pelos âncoras Rodrigo Bocardi e Glória Vanique, Rafael entrou ao vivo no “Bom Dia São Paulo”, quarta-feira
Os jalesenses que acordam mais cedo e têm o hábito de assistir ao programa “Bom Dia São Paulo”, na Rede Globo, foram surpreendidos na manhã de quarta-feira, dia 6, ao ver no vídeo um rosto conhecido — o do repórter Rafael Honorato. 
Ele fez entrada ao vivo direto de Águas de Santa Bárbara, região de Avaré, falando sobre um incêndio de grandes proporções na tarde da última terça-feira, dia 5 de novembro. O fogo começou por volta das 14 horas e só foi controlado no início da madrugada de quarta-feira, após 10 horas de intenso trabalho dos bombeiros. 
Rafael informou na matéria levada ao ar que a área queimada foi de 2 mil hectares, o equivalente a 2 mil campos de futebol. Outra informação que ele deu: 550 hectares do total queimado ficam no interior da Floresta Estadual de Águas de Santa Bárbara, que existe desde 1964 e é um importante espaço de estudo de pesquisadores ambientais do Brasil e do exterior. 

QUEM É 
Rafael Honorato de Oliveira tinha apenas 15 anos quando, trazido por seu pai, Cláudio Antônio de Oliveira, o Claudinho do Serviço de Comunicação da Delegacia Seccional de Polícia de Jales, foi apresentado ao diretor do Jornal de Jales. 
O fato de ser filho de quem era e a vontade de trabalhar demonstrada logo no primeiro contato foram as chaves que abriram as portas do J.J. para o adolescente, inicialmente escalado para o setor administrativo, tendo sido admitido oficialmente no dia 31 de agosto de 2012.
A convivência com a equipe de redação despertou nele a vocação para o jornalismo, o que levou a prestar vestibular na FEF, sendo sempre um dos melhores alunos do curso.
Ao mesmo tempo passou a cobrir eventos em todas as editorias, despertando o interesse da Central de Rádios (Assunção e Regional), fazendo meio período no jornal e meio no rádio, estudando à noite.   
Em 2016, com 19 anos, fez um teste para estagiário da TV TEM e foi alocado no escritório de Votuporanga como produtor. Hoje, é videorrepórter da TV Tem-Itapetininga, com base de trabalho em Avaré.