jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

MARIANA RÉCIO DA SILVA

Coluna Gente
04 de março de 2018
MARIANA RÉCIO DA SILVA
MARIANA RÉCIO DA SILVA
(foto) aniversaria dia 8 , quinta-feira. A filha de Marli Récio da Silva e do pecuarista Norberto Silva é estudante de medicina na Faceres-São José do Rio Preto

VALDIR CORTEZZI,
decano dos neurologistas da região, continua se comportando como um gentleman. Embora tenha invejável currículo, que inclui graduação pela antiga Faculdade Nacional de Medicina/RJ, especialização em neurologia, neurocirurgia e neuropsiquiatria, o dr. Valdir nunca subiu no salto nem andou de nariz empinado. Ao contrário, continua agindo com grandeza como sempre fez desde os tempos que começou a trabalhar em Jales há mais de três décadas. Outro traço característico de sua personalidade: é um grande incentivador dos mais novos. Documento de prova mais recente: depois de ler a matéria “Neurologista instala consultório em Jales”, nas edições impressa e on-line do Jornal de Jales na semana que passou, Cortezzi usou a página oficial do J.J. no Facebook e deixou uma mensagem de estímulo ao colega de especialidade Danilo Delovo de Marcos: “seja bem-vindo, caro colega de especialidade. Muito sucesso em sua carreira. Você vai trabalhar muito . E isto é bom. Você mostrará sua competência. Um grande abraço e até ê qualquer dia, por aí...” Registre-se que , na edição on-line, a matéria sobre o novo neurologista foi vista por 3624 internautas, teve 93 curtidas e 28 compartilhamentos. 

VALTER ANDRÉ BISCARO SALVIANO
é mais um filho de Jales que ganha projeção fora daqui. Há 15 dias, ele, que era delegado de polícia em Itapagipe-MG, foi promovido a delegado regional em Patrocínio.  Se a promoção foi boa para André e a esposa Taisa, que é arquiteta e poderá exercer a profissão em uma cidade maior, a saudade vai bater forte no peito dos pais dele (Célia Dulce e Fininho Salviano) e dos pais dela (Carmen e Junior Américo) que ficarão um pouco distantes da netinha Larissa. Patrocínio fica a 500 quilômetros de Jales.

CÉLIA MARIA ALMEIDA
não se deixa abater. Viuva do saudoso Carlos José Sacco, o Sakinho, cujo passamento enlutou a cidade, ela continua fiel aos princípios que sempre nortearam a existência da Academia New Corpus. Tanto que ela vem mobilizando suas alunas de jazz, dança do ventre, ballet, tecido aéreo, hip hop e pole dance. O espetáculo ”Vale a pena ver de novo: New Corpus-35 anos” será apresentado no dia 14 de março em benefício do Hospital de Amor, novo nome do Hospital de Câncer.