segunda 21 setembro 2020
Arquibancada

Libertadores: o retorno

Sinônimo de emoção e obsessão para diversos torcedores brasileiros, a Libertadores está de volta nesta próxima semana com confrontos decisivos para as equipes paulistas. Suspensa desde março, ainda no começo da pandemia, a competição retorna com adversários complicados para Santos, Palmeiras e São Paulo.

Em bom momento no Brasileirão, o Peixe recebe o Olímpia, na Vila Belmiro, e precisa da vitória para chegar ao terceiro triunfo no torneio. Líder isolado do Grupo G com 100% de aproveitamento, o clube da baixada tem dois pontos a mais que os paraguaios e enfrenta uma equipe que pode oferecer perigos.

Vivendo a melhor fase da carreira, Marinho está voando no Brasileirão e é um dos destaques do futebol nacional desde o retorno das competições. No gol, João Paulo vive momento espetacular e vem se tornando garantia de segurança na meta santista.

Oscilando sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras tem parada dura frente ao Bolívar na altitude de mais de 3.500 metros de La Paz. O Verdão acumula seis pontos, três a mais que o rival boliviano, e está na liderança do Grupo B.

Em campo, o adversário é um dos mais fracos do grupo, mas se fortalece muito atuando na altitude do estádio Hernando Siles. Para a partida, a velocidade no ataque é fundamental, e Gabriel Veron é excelente opção. O ideal é voltar da Bolívia com ao menos um ponto na bagagem.

Pressionado após derrota na estreia diante do fraco Binacional, o São Paulo vem de vitória contra a LDU e encara o temido River Plate, no Morumbi. Com três pontos conquistados, todas as equipes do Grupo D estão empatadas, e o Tricolor precisa da vitória para continuar forte em busca da classificação.

Sem Daniel Alves, com fratura no braço direito, e Luciano, suspenso, Fernando Diniz ainda pode não contar com Pablo que também está lesionado. Atual vice-campeão continental, o time de Marcelo Gallardo ainda não entrou em campo de forma oficial após o retorno do futebol e vai ao Morumbi em busca de ao menos um ponto. O São Paulo nunca foi derrotado pelo time argentino e necessita da vitória.

Todos os apaixonados por futebol estão felizes com o retorno da Libertadores, mas é difícil prever como será a sequência da competição. Os clubes brasileiros ainda estão longe do ideal e alguns rivais do continente sequer entraram em campo em meio a pandemia. A certeza é que as equipes paulistas reúnem boas qualidades e possuem totais condições de garantirem um bom recomeço nesta semana.

Eduardo Martins

 (jalesense, aluno do 4° ano de jornalismo da PUC-Campinas) 

Desenvolvido por Enzo Nagata