jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Leitores de 27 de setembro

Baixas na ESF do JACB
28 de setembro de 2015
Há algum tempo, ouvi falar sobre a implantação de relógios de pontos nas Unidades Básicas de Saúde. Fiquei tranquila. A equipe do ESF JACB é ótima, não terá problema, pensei. Hoje, compreendi possíveis consequências desastrosas com essa iniciativa. Nossa equipe estará desfalcada a partir de outubro. O segurança e duas recepcionistas foram demitidos. O que o medidor da assiduidade/presença do funcionário tem a ver com isso? Nada, absolutamente nada. Mesmo porque o equipamento mal fora instalado, parou de funcionar e está em “manutenção”. 
MAS. Enquanto esperava atendimento, fiquei observando os parafusos que sustentavam o relógio e pensei: seria esse o motivo que fez a doutora Viviane entregar seu pedido de desligamento da função? (sim, nossa equipe sofrerá QUATRO baixas, entre as quais, a líder). 
Desconheço o atendimento das outras ESFs, mas aqui, não me consta que alguém tenha saído sem atendimento. Cumprir uma longa jornada de trabalho, em qualquer profissão, exige uma remuneração condizente com a função. Bom, mais isso é (?) outra história. 
Não sei se a informação procede, mas parece que não foi só a médica daqui que entregou o cargo. Não me parece necessária a presença do médico, em tempo integral, nas UBSs daqui de Jales. Temos uma UPA que oferece ótimo atendimento  (quem disser o contrário, deve passar uns tempos numa cidade grande). Se a ideia é conter as despesas, por que não implantar o horário de atendimento reduzido, a exemplo de outros setores da Prefeitura? (isso ao que se refere à presença do médico). Congestionaria a UPA? Não sei. Talvez. Hoje, por exemplo, fui atendida, e muito bem atendida, nos dois lugares. Se estou sem diagnóstico não é por falta de atendimento. TUDO precisa de um TEMPO ... até para eu aceitar que, após quase SEIS ANOS (completaria em fevereiro), nós perderemos nossa médica da Estratégia de Saúde da Família. Saiba, doutora Viviane, você SEMPRE fará parte da FAMÍLIA JACB!
 
Elizabeth Lima (moradora de Jales)