jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Leitores de 20 de março

Escolher o nome certo
21 de março de 2016
As eleições municipais de 2016 se aproximam e ainda há muita indecisão entre os eleitores em quem votar tanto para prefeito e vereadores.
Já não bastasse os partidos políticos da cidade indecisos em costurar coligações, lançar um nome daqui outro dali, é tempo de iniciar esse processo para que possamos com calma escolher aqueles que colocarão seus nomes para governar nossa cidade.
Só espero que possamos desde já, analisar com carinho todos os nomes postulantes aos cargos eletivos que já se veiculam pelos meios de comunicação da cidade, roda de amigos e outros ambientes. O famoso “diz- que- diz” corre solto.
Espero também que possamos ser maduros o suficiente para reconhecer que erramos nas ultimas eleições e não podemos mais correr o risco de deixar nossa cidade abandonada e a “Deus dará”, como estamos vivenciando.
Falamos muito dos pré-candidatos a prefeito, e esquecemos que temos eleições para o Legislativo, ou seja, vereadores, que são os legítimos representantes do povo, que tem como objetivo trabalhar em prol do bem estar da população e do progresso da cidade.
Mas é importante destacar que o Prefeito trabalha junto com os vereadores, para ambos é dever e muito mais do que se imagina em unir forças, cerrar fileiras para enfrentar todos os desafios que se apresentam nesse quadro econômico do nosso país está atravessando. 
É neste sentido que os eleitores de Jales devem se reunir para abraçar a política e não os políticos, porque estes passam e a política fica para sempre.
Pensa-se que ser vereador é somente uma maneira simpática de tratar as pessoas do município, ou de fazer qualquer benefício a alguns que estão precisando de uma esmola para dar de comida a seus filhos que estão passando fome, ou de algum remédio a qualquer doente que não tem condições de comprá-lo. Ser vereador é uma coisa séria. É não enganar o povo de sua cidade, com doações fúteis e desnecessárias. É reivindicar o bem-estar para o seu povo, não importando o Prefeito municipal ser partidário ou não. É, finalmente, lutar pelos princípios da moral e da ética.
O município de Jales tem bons candidatos no processo de competição, como também possuem nos quadros de vereadores já existentes,pois o vereador eleito deve obedecer aos princípios do partido, mas ser fiel ao povo de maneira geral.
Amigos eleitores e eleitoras vai ser uma batalha dura, mas não difícil de conseguir avançar no processo eleitoral, cabendo a todos que estão nas lideranças não se impressionar com palavras bonitas dos candidatos a vereadores e a Prefeito, pregando aos seus liderados o verdadeiro caminho do povo ser ouvido e participativo de uma Prefeitura popular e democrática.
O momento é sério e precisa de que se deixem de lado as amizades pessoais, para fazer uma análise calma e fria sobre a realidade dos prováveis candidatos que teremos na pauta da eleição deste ano.
Nossa cidade agradece.
 
Osmar Gabriel
RG 8.320.382