domingo 28 novembro 2021
Polícia

Justiça Federal de Jales vai ouvir padre como testemunha de empresário da Máfia do Asfalto

O padre Silvio Roberto dos Santos da Paróquia Menino Jesus de Praga, de São José do Rio Preto, foi arrrolado como testemunha de defesa pelo empresário Olívio Scamatti, que continua preso no Centro de Detenção Provisória daquela cidade, apontado como chefe da chamada Máfia do Asfalto.
O juiz Fernando Américo, da 1ª Vara da Justiça Federal de Jales, deverá intimar o padre para depor através de vídeo conferência que poderá ser acompanhada pelo empresário. A data da audiência ainda não foi revelada.
O advogado do empresário, Alberto Zacarias Toron, informou que o padre foi arrolado como testemunha por conhecer o trabalho social realizado por Ovídio em Votuporanga.
A amizade do padre com a família Scamati é do tempo em que ele era pároco em Votuporanga, sede do grupo apontado pelo Ministério Público Federal e pelo Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de Rio Preto como responsável pelo esquema de fraudes em licitações de prefeituras da região noroeste paulista.   
Na semana passada os promotores ingressaram com uma ação penal contra Olívio, seus irmãos Edson, Mauro, Dorival e Pedro, funcionários e outros empresários acusados de participação no esquema. A denúncia foi recebida pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Fernandópolis, Evandro Pelarin que nomeou um administrador temporário para as empresas do grupo.

Desenvolvido por Enzo Nagata