jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Jalesense faz mestrado em planejamento urbano na Austrália

Tiago Nossa Neto vem ampliando os conhecimentos conquistados nos bancos universitários.
11 de setembro de 2017
iago, recebido em Brisbane pelo prefeito Graham Quirk
Graduado em Relações Internacionais pela PUC-Campinas, o jovem Tiago Nossa Neto vem ampliando os conhecimentos conquistados nos bancos universitários.
Logo depois de se formar, ele passou uma temporada na China, a segunda maior economia do mundo, aprimorando conhecimentos de mandarim.
O desejo de se tornar universal não parou por aí. Agora, o filho de Rosângela Nossa Neto e Carlos Alberto Brito Neto está na Universidade de Queensland, na Austrália, fazendo Programa de Mestrado em Práticas de Desenvolvimento, com foco em desenvolvimento e planejamento urbano.
O ritmo do mestrado é intenso não somente nas salas de aula como  também no sentido prático, inclusive com viagens de campo, como a que fez  na cidade de Brisbanae.
 
DESIGN URBANO
Entrevistado por email pelo Jornal de Jales, Tiago explicou: “A viagem de campo foi durante a aula de Design Urbano na qual meu grupo fazia avaliação e análise da área. O objetivo do design urbano é entender a experiência humana do ambiente construído: o senso de compreensão, contentamento, segurança ou reverência que os locais e formas construídas evocam, e sobretudo entender como a forma urbana influencia nas relações sociais, políticas, econômicas e culturais.” 
CENTRO GLOBSAL
A escolha de Brisbane para a viagem de campo teve razões objetivas, como relatou o jalesense.
“Brisbane, Austrália, é uma próspera cidade multicultural e exitosa anfitriã da Cúpula 2014 dos Líderes do G20. Um centro global de inovação científica, mineração e recursos, tecnologia, educação, reuniões e incentivos e atrações culturais, Brisbane está empenhada em fortalecer o comércio internacional. A cerimônia é uma chance para os alunos receberem um certificado de amizade com a cidade de Brisbane e ter sua foto tirada com o Senhor Prefeito.
Os alunos também podem experimentar a cultura indígena tradicional australiana com uma performance ao vivo por dançarinos aborígenes.”