jornaljales@gmail.com
17 3632-1330

Jalesense é selecionado para o Programa Jovens Embaixadores 2019

por Bruno Gabaldi
11 de novembro de 2018
Odir Nunes: “Acho que o essencial é acreditar que é possível com muito esforço, cumprindo todos os requisitos que precisa, independente daquilo que você quer alcançar. Tentar sempre, nunca desistir”
Muitas vezes achamos que alguns sonhos são impossíveis de serem alcançados, mas sem dedicação e batalha não se chega lá. Foi o que aconteceu com o jovem jalesense Odir Nunes de Oliveira, aluno do 3° ano do Ensino Médio da Escola Estadual Juvenal Giraldelli, que deu um belo exemplo de garra e força de vontade para atingir seus objetivos após ser selecionado para participar do Programa Jovem Embaixador no ano de 2019.
Após duas tentativas sem sucesso, Odir foi notificado no último dia 30 de outubro pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, parabenizando sua classificação como Jovem Embaixador. Segundo ele, foi uma surpresa receber a mensagem via e-mail e encontrar seu nome entre os 50 classificados de todo o país. “Eu estava sozinho em casa quando recebi a notícia por e-mail, abri a mensagem.  Foi espetacular”, disse Odir.
O novo Jovem Embaixador dedica esta conquista pelo grande apoio que recebeu do diretor Jonas Gerez, do vice-diretor João Lima, responsável pela Escola da Família que abriu as portas para Odir realizar seu voluntariado onde oferecia aulas de inglês para a comunidade, da professora de inglês, Raquel Merloti e da escola de inglês CNA.
“A equipe da escola Juvenal Giraldelli está muito feliz e honrada pela conquista do aluno Odir no Programa Jovens Embaixadores, pois passou por diversas provas muito difíceis, mas graças a seu esforço, dedicação e conhecimentos adquiridos, chegou lá. Isto comprova que o trabalho da equipe Juvenal continua frutificando”, manifestou o diretor Jonas.

O PROGRAMA
Criado em 2002, o Programa Jovens Embaixadores tem como alvo alunos brasileiros que são exemplos em suas comunidades, em termos de liderança, atitude positiva, trabalho voluntário, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. O programa visa fortalecer o ensino público por meio desses alunos, transformando-os em modelos para as suas comunidades.
Os 50 selecionados viajam em janeiro do ano seguinte para uma programação de três semanas nos Estados Unidos. Durante a primeira semana, conhecem a capital dos EUA, Washington, participam de reuniões, visitam escolas e projetos sociais e participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem.
Após há primeira semana, os participantes são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados nos EUA, onde são recebidos por famílias-anfitriãs.

Aluno exemplar, diz diretora do CNA

“Quando vi o nome do Odir na divulgação dos 50 selecionados do programa Jovens Embaixadores, deu uma vontade de sair correndo para abraçá-lo. A sensação foi de muita alegria, porque eu sabia que fazia parte dos seus sonhos. No ano anterior ele havia tentado e ficou por alguns critérios, mas quem espera sempre alcança e agora chegou a sua hora.  É como sempre digo: “o sonho é de quem sonha”, mesmo que haja tropeços, o importante é focar no objetivo. O Odir, como aluno CNA, sempre foi muito dedicado, em todos os semestres atingia a maior nota entre os colegas.  A experiência já me mostrou que todo aluno que faz a sua parte, segue a metodologia, tem disciplina e desenvolve o que lhe é proposto tem resultados fantásticos.  Ao ver o nome do Odir nessa seleção sentimos que estamos cumprindo o nosso dever de oferecer excelência no ensino de idiomas, e a cada conquista dos nossos alunos e ex-alunos é maravilhoso porque atuamos na transformação da vida das pessoas”. 
Silvia Barbosa de Melo(Diretora do CNA)