jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

JALES FOREVER ...

Fique Sabendo
17 de abril de 2017
Delação de Odebrecht: imagens de Dilma em Jales, em 2014, de novo, no Jornal Nacional
JALES FOREVER - Pela quarta vez, o Jornal Nacional mostrou , na noite de quarta-feira, dia 12 de abril, imagens do encontro realizado em Jales pró-reeleição da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer,  todas as vezes para ilustrar trechos da delação do empresário Marcelo Odebrecht.  O “comício” foi realizado no Jales Clube com a presença de ministros, deputados e uma legião de líderes sindicais, além, claro, dos militantes.

JALES FOREVER (2)- A concentração eleitoral realizada em Jales, a pedido de Michel Temer, teve como coordenador, na parte política, mobilizando lideranças, o jalesense Jarbas Zuri Junior, membro da Comissão Executiva Estadual do PMDB. Fonte da coluna  garante  que o custo do encontro passou de R$ 200 mil. Quem pagou? Ninguém sabe, ninguém viu.

CONVOCAÇÃO-  Já que um assunto puxa outro, Jarbas Zuri Junior, que já exerceu cargos importantes no governo estadual e prefeituras da região metropolitana, foi indicado pela bancada do PMDB para a Diretoria de Operações da Ceagesp, autarquia federal em São Paulo. Apesar do honroso convite, Jarbas ainda não bateu o martelo, pois tem em andamento vários projetos na iniciativa privada.

AQUECIMENTO- Ao publicar meia página de mensagem à população no suplemento especial de aniversário da cidade, dia 9, neste jornal, o empresário Luís Henrique Moreira, dono da LHBorr, agitou os observadores da cena política local. Na opinião de muitos deles, o anúncio de Luís Henrique pareceu a largada de  corrida eleitoral O empresário é do ramo. Já foi vereador em Buritama, sua terra, e assessor parlamentar do deputado federal Vadão Gomes. Ele é o presidente do Diretório Municipal do PP.

CANTORIA – As pessoas que conhecem os hábitos do vice-prefeito Garça estranharam, de certa forma, quando ouviram o apresentador  Boquinho, da Rádio Antena 102 FM, entrevistá-lo pouco antes do show “Lendas”, com Milionário e Marciano, dia 7, no Villa Rocca. Motivos da estranheza: 1º) ele não gosta de som alto: 2º) também não é exatamente um fã ardoroso de música sertaneja tipo sofrência. Depois, desvendou-se  enigma. O cantor Milionário, que tem propriedade em Pontalinda,  é cliente do Cartório do Garça há mais de 20 anos, desde os tempos em que  fazia dupla com José Rico. O vice-prefeito fez questão de ir ao camarim cumprimentar o artista.

LINHA DIRETA- O deputado estadual Itamar Borges mantém seu esquema ligado 24 por dia. Na segunda-feira, dia 10, por exemplo, ele não pôde comparecer ao lançamento do livro “A Jales que vivi”,de Roberto Gonçalves, mas não passou batido. Sua assessora parlamentar Mara Amaral esteve presente e, em determinado momento, sacou o celular e colocou o deputado na linha para cumprimentar o escritor.  

MANGAS ARREGAÇADAS-  O presidente da Câmara, Vagner Selis, e o vereador Bismark suaram a camisa durante o leilão de gado da Santa Casa, domingo passado, dia 9.  Os dois vereadores se empenharam bastante  do começo ao fim do leilão. 

ENGAJAMENTO-  Mesmo sem mandato de vereador, tendo ficado na suplência na eleição de 2016, Junior Rodrigues mantém o espírito participativo. No leilão da Santa Casa, ele não somente compareceu, como arrematou várias prendas, sentado lado a lado com seu pai, o industrial Rivail Rodrigues.

ENGAJAMENTO (2) – Na verdade, Junior é o típico caso do político que, independentemente do exercício de mandatos, está presente exercendo sua cidadania. Só para que os leitores tenham idéia, atualmente ele preside a Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente de Jales (AACAJ) e foi eleito presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. 

 PARABÉNS A VOCÊ- O empresário Osvaldo Costa Junior, que completa 41 anos na próxima quarta-feira, dia 19, poderá ganhar presente antecipado de aniversário. Segunda colocada no processo licitatório aberto pela Prefeitura de Santa Fé para realização da Ficcap, em junho, a BX Eventos, de Bixiga, poderá ser declarada vencedora caso a primeira classificada, a Kalli Eventos, não consiga obter um documento que faltou, a Certidão Negativa de Débito Trabalhista. A Kalli deu um lance de R$ 402 mil e BX de 359 mil.