jornaldejales@melfinet.com.br
17 3632-1330

Jales é classificada como Município de Interesse Turístico

por Secretaria de Comunicação
15 de abril de 2018
O prefeito Flá e o vice Garça reunidos com membros do Conselho Municipal de Turismo
A Assembleia Legislativa aprovou, no dia 10 de abril, terça-feira, o Projeto de Lei que classifica Jales e mais 45 municípios do Estado como Município de Interesse Turístico. A proposta, de autoria dos 94 deputados segue para sanção do governador.
Os Municípios de Interesse Turístico recebem recursos anuais do governo do Estado para investimentos na infraestrutura turística. A utilização da verba deve fomentar a ampliação e o fortalecimento das atividades econômicas da região. Desde maio de 2017, com a criação do Conselho Municipal de Turismo de Jales (COMTUR), o prefeito Flávio Prandi Franco, o vice-prefeito José Devanir Rodrigues, os conselheiros e o deputado estadual Itamar Borges vinham pleiteando a inclusão de Jales como MIT.
Para que seja considerada de Interesse Turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto. A classificação garante a cada cidade o recebimento de aproximadamente R$ 600 mil por ano. 

PLANO DIRETOR
Weber Kitayama, presidente do COMTUR de Jales, disse que os integrantes do Conselho trabalharam intensamente na elaboração do Plano Diretor de Turismo. “Foi um trabalho muito intenso e feito a toque de caixa. A Lei Estadual de Turismo foi modificada e a Prefeitura precisou se adequar. Formamos o COMTUR de Jales e realizamos uma série de reuniões para a elaboração do Plano. O prefeito Flá foi fundamental nesse processo, mostrando todo o comprometimento com o projeto e os vereadores também deram total apoio. Foi um trabalho realizado em conjunto, todos se envolveram e se engajaram e a cidade tem muito a ganhar agora que passa a ser um Município de Interesse Turístico”. 
O vice-prefeito também comemorou. “O MIT nos dará a possibilidade de receber recursos na ordem de R$ 600 mil ao ano para investirmos exclusivamente no turismo. Acompanhamos a dedicação de todos os envolvidos no projeto e estamos felizes que todo esse comprometimento já começa a render frutos”.
O prefeito Flá afirmou que. “Não foi uma tarefa fácil, mas Jales classificada como Município de Interesse Turístico é uma realidade e temos muito que comemorar. Temos grandes pontos da cidade que podem ser focados e ressaltar a potencialidade de Jales para o turismo. Além do geoturismo, temos aqui um Hospital de Câncer de referência nacional que recebe 1.000 pessoas por dia, uma Santa Casa que é referência em qualidade e atendimento humanizado, unidades do AME e Upa, portanto, podemos ressaltar o turismo hospitalar”. 
O prefeito lembrou ainda que “Temos a Fatec, Unijales, ETEC, IEP e outras instituições, então poderíamos focar no turismo educacional. Temos o Bosque Municipal, praças que necessitam de revitalizações, a reforma do Teatro Municipal, entre outros locais que precisam de atenção. São muitos leques, então podemos escolher um alvo e trabalhar para que a cidade se torne conhecida em determinado segmento. O importante é que demos o primeiro passo de um grande projeto que pode mudar a história de Jales em referência ao Turismo”, ressaltou o prefeito Flá que acrescentou: “agradeço a todos os membros do COMTUR, a todos que abraçaram o projeto e ao deputado estadual Itamar Borges que não mediu esforços com o objetivo de nos ajudar nessa classificação”.